Muito Bom!

ME DÊ MOTIVOS

Não é impressão: muita gente começou a correr pelas ruas do Brasil. Só em São Paulo o número de inscritos em provas oficiais dobrou em seis anos

Por Juliana Carpanez

Deborah Aquino, 39, aderiu após o fim de um relacionamento. Ela queria novas amizades. Mas foi muito além. Sua dedicação a ajudou no tratamento de um câncer de mama. Antonio Carlos Fiore, 64, só queria perder a barriga que ganhou quando parou de fumar. Em 32 anos, ele acumulou 27 maratonas e mais de 80 mil km sobre tênis. Renan Collodoro, 28, também usou a corrida para emagrecer; hoje são 25 quilos a menos e, quase diariamente, 10 km a mais.

Esses corredores mostram que as razões para aderir à modalidade são inúmeras e também muito particulares; em comum, o fato que qualquer um deles saberá explicar por que faz tanto sentido encarar alguns quilômetros num domingo pela manhã ou em qualquer hora da semana na qual consiga encaixar o treino em sua rotina.

Nos últimos anos, a prática cresceu muito ao deixar de ser um esporte individual para pessoas com perfil atlético e obsessão por resultados. A corrida promove hoje o encontro de quem busca uma vida mais saudável e não quer apenas competir, mas também participar e fazer um selfie na linha de chegada.

"Antes, quem não era competitivo se sentia excluído. Hoje, as pessoas correm para se divertir e não ficam tão preocupadas com desempenho", afirma o educador físico Nelson Evêncio, presidente da ATC (Associação dos Treinadores de Corrida) de São Paulo.

“Nem todos são atletas fervorosos [...]. Correr ficou mais divertido” Renato Dutra, diretor técnico da Run & Fun

BARATO DO CORREDOR

O corredor Garth Battista (foto) escreveu a coletânea "Runner's High", com histórias de corredores. A expressão do título descreve o "barato" que muitos sentem nas pistas. "É um estado em que a corrida parece não exigir esforço, em que o corpo e a mente se libertam de qualquer peso. É raro, mas todo corredor sente isso de tempos em tempos", explica. Muitos atribuem essa sensação à liberação de endorfina.

Juliana Carpanez, Editora de Tecnologia do UOL. Hoje adora correr, mas já fugiu das aulas de educação física na escola

tabuol@uol.com.br

Veja toda a matéria em tab.uol.com.br/corrida-de-rua/

oldestnewest

You may also like...