CORRIDA E YOGA UMA COMBINAÇÃO PERFEITA

CORRIDA E YOGA UMA COMBINAÇÃO PERFEITA

Quem corre sabe das dificuldades que enfrenta para conseguir se superar. Os músculos, as articulações, a respiração, a concentração e até a mente se tornam aliados ou inimigos. Alinhando posturas corretamente, o corredor melhora a pisada, o ritmo e diminui incômodas dores causadas pelo desequilíbrio do corpo – alongando os músculos que estão tensos e fortalecendo os que estão fracos.

O Yoga proporciona melhor rendimento, pois consegue unir treinamento ao correto alinhamento do corpo em todos os níveis. Acrescento ainda que o Yoga complementa a corrida nos aspectos físico e mental. A prática melhora a concentração na execução do movimento da corrida, que vem do desenvolvimento do autoconhecimento, além de melhorar o alongamento e a flexibilidade do praticante.

Equilíbrio mental é fundamental para qualquer atividade e, na corrida, não é diferente. Se você estiver com pensamentos negativos, o tempo custa a passar e o corpo cansa antes do fim da prova. A força exercida em uma pisada é quatro vezes o seu peso e músculos alongados de forma ineficiente podem, no mínimo, atrapalhar o desempenho.

O Yoga ajuda a ter uma passada mais eficaz quando a musculatura está relaxada, os movimentos são mais eficientes e o gasto de energia é menor, Quanto mais tensa, mais esforço será preciso para se movimentar. É preciso que exista um meio termo entre força e flexibilidade para que os músculos trabalhem em 100% de seu rendimento. Isso permite uma reserva maior de glicogênio, o que faz com que o organismo metabolize melhor o ácido lático (responsável pelas dores do dia seguinte ao exercício). A flexibilidade adequada também diminui a pressão nas articulações durante a corrida.

Outro ponto importante: os movimentos da corrida, por não serem muito amplos, podem provocar encurtamento nos músculos, prejudicando o desempenho da corredora e gerando dores. Quando começamos a praticar um exercício, ocorre uma hipertrofia, pois o volume de sangue aumenta em 20% no músculo que está sendo trabalhado. Esse aumento de volume pode pressionar tendões e nervos e causar dores. O alongamento vai melhorar essa pressão, prevenindo o corredor de sofrer de dores causadas por ela, argumenta.

Mais foco para o treino

Nem só de alongamentos se faz uma prática de Yoga. As posturas trabalham grupos musculares, proteção das articulações, exercícios respiratórios e meditação – e deixam corpo e mente equilibrados.

Tenho observado que, muitas vezes, as pessoas correm sem sentir o corpo, sem perceber a pisada, a respiração, a posição dos ombros, enfim, sem estar presente. O Yoga ensina a trazer esse foco para o momento atual.

Compense o impacto

A corrida pode encurtar músculos por causa dos movimentos repetitivos. Alie o Yoga à prática e conquiste força, flexibilidade e melhora na respiração e concentração.

Sobre a autora:

Erika Ruiz

Formada em Educação Física LicenciaturaPlena pela Universidade Cidade de São Paulo, Especialização em Yogaterapia pela FIES, Colunista do Portal Educação.

2 Replies

oldestnewest
  • Boa, Gil!

    Qualquer atividade que contribua para a corrida tá valendo!!!

  • Olá, você conhece um (a) Personal Trainer?

You may also like...