Saiba como fugir das desculpas da corrida

Saiba como fugir das desculpas da corrida

Reflexão para quem quer começar ou já começou e não está conseguindo dar continuidade na planilha.

No começo dos treinos, é muito comum ouvirmos algumas “desculpas” para não treinar. Não vamos tirar o mérito e realmente dizer que algumas vezes elas podem fazer algum sentido, porém na maioria das vezes é preciso ter força de vontade e manter o foco para continuar firme na corrida.

Por isso, separamos algumas das desculpas mais comuns que ouvimos dos corredores iniciantes e ajudamos a encontrar uma solução. Confira!

1 – Não tenho tempo para treinar

Só não temos tempo para o que não é prioridade. “Se organize e encaixe o horário de treino em sua rotina, que seja uma vez por semana e depois ir aumentando até 3x”, explica Bruno Ryker. Treinar tem que ser como escovar os dentes, um hábito.

2 – Estou sem meu GPS/frequencímetro

Ótimo momento de colocar a prova sua noção de tempo/distância e sua percepção de esforço para funcionar. É interessante nunca se basear em uma única fonte de resposta de intensidade de treino. “A Percepção subjetiva de Esforço (PSE) é um métodos simples, barato e eficiente para determinar a intensidade dos treinos. Se ainda assim não se sentir confortável, realize um treino fartleck (variação de ritmo a vontade) e converse com seu treinador o motivo da mudança de treino”, esclarece o treinador.

3 – Estou muito cansado

Essa é a campeã. Na grande maioria das vezes as pessoas confundem preguiça com cansaço. Levante e vá. “Se você sabe que passar em casa antes de ir pro treino existe uma grande chance de “abortar” o treino, reveja sua logística e vá do trabalho direto para o treino. E se ao fim do dia você estiver muito cansado mentalmente, se organize para treinar pela manhã”, indica Bruno. Uma dica que alguns treinadores gostam de dar é para se vestir e depois decidir se vai treinar ou não, só o fato de estar vestido serve como motivação.

4 – Estou de Férias e ou viajando a trabalho

“As férias são do trabalho não da sua saúde, mas também não tente virar um atleta do dia pra noite, ou seja, treinava uma vez por semana e agora que esta com tempo decide treinar todos os dias por 2 horas, converse sempre com um profissional qualificado para realizar essa progressão”, esclarece o treinador.

5 – Não vejo evolução nos meus tempos

“A evolução virá com a disciplina e rotina de treinos, é uma consequência do seu esforço. Se esta iniciando no mundo das corridas a evolução está em sair da vida sedentária para uma vida fisicamente ativa”, diz Bruno. Já as melhoras fisiológicas como disposição no dia a dia, melhora de sono, hábitos alimentares entre outros, irão surgindo ao pouco, tudo é uma questão de costume e aprendizado para ter uma evolução, assim como em qualquer outro setor da vida.

6 – Não perco peso

Treinar repetidamente não quer dizer que você vai perder peso. Buscar ter uma saúde melhor é um conjunte de fatores além dos treinos, como alimentação, melhora do sono e cuidados com o organismo.

“Estudos recentes demonstram que treinos de alta intensidade e curtos são mais eficazes para queima de gordura do que os famosos “longões”, mas, não é por isso que sairá fazendo sprints para todo o lado, os longos ainda tem sua função principalmente de ajuste de estratégia para as provas mais longas”, esclarece o treinador.

7 – O Clima virou (Chuva/Frio/Calor)

Nesse sentido exige-se um pouquinho mais de disposição em sair da cama em um dia chuvoso ou frio mesmo, mas nada impossível. Se já sabe que o clima está frio ou chuvoso já separe toda a sua roupa de treino (inclusive capa de chuva) no dia anterior. Não pense muito, acorde, se vista, alimente-se e vá. Ao finalizar nada de dar sopa com a roupa molhada no corpo, esse é o momento que chamamos de janela viral, tome logo um banho e se agasalhe. Se o caso for de calor, procure treinar nas extremidades do dia, acorde antes do sol se expor ou treino no fim do dia.

8 – Não corro porque lesiona

“A corrida apesar de ser uma atividade de impacto ela não lesiona ninguém desde que bem administrada. A grande maioria das pessoas se lesionam devida a fraqueza muscular e ou falta de preparação para determinados treinos. O treino Resistido (musculação) passa na maioria das vezes ser um complemento imprescindível”.

Fonte: o2porminuto.ativo.com/corri...

1 Reply

oldestnewest
  • Adorei!!!

You may also like...