Dispositivos para Controle de Diabete... - Diabetes, Aprende...

Diabetes, Aprender a Conviver - ANAD

1,648 members2,131 posts

Dispositivos para Controle de Diabetes Podem Causar Dermatite de Contato em Crianças

FF49 profile image
FF49Administrator

Dispositivos que ajudam as crianças a controlar seu diabetes e levar uma vida mais plena também podem causar dermatite de contato, relatam os autores de um novo estudo que exige rotulagem obrigatória de ingredientes para testes de alergia.

“Uma grande parte dos pacientes apresentou reações positivas ao adesivo de acrilato de isobornila (IBOA) e/ou seus dispositivos médicos (bombas de insulina ou dispositivos de glicose)”, escrevem os autores do estudo em Contact Dermatitis .

"Um terço dos pacientes apresentou reações positivas ao peróxido de benzoíla (BP)", usado em adesivos.

"A presença de alergênicos não identificados adicionais não pode ser excluída", acrescentam. "No geral, nossa experiência destaca mais uma vez a importância de ter acesso a uma descrição completa da composição química dos dispositivos para diabetes e dispositivos médicos relacionados para gerenciar com eficiência pacientes (incluindo crianças) que apresentam reações adversas na pele de tais dispositivos".

A autora principal do estudo, Catarina Alves da Silva, MD, do Departamento de Dermatologia e Venereologia do Hospital Universitário de Aarhus, e seus colegas realizaram um estudo retrospectivo de 15 pacientes encaminhados com menos de 18 anos que tinham diabetes tipo 1 . As crianças foram testadas na clínica de dermatologia da universidade entre 2018 e 2020 em um estudo de reações cutâneas relacionadas a dispositivos para diabetes.

Dermatite de Contato por Alergênicos Relacionados ao Dispositivo Pode Ser Comum

Muitas crianças no estudo reagiram a compostos químicos relacionados a seus dispositivos.

Dos 15 pacientes, sete apresentaram reações positivas ao teste de contato com IBOA e cinco apresentaram reações positivas ao BP.

Dez crianças tiveram reações positivas no teste de contato com materiais de sensores de glicose e bombas de insulina .

Três mostraram reações positivas aos lenços removedores de adesivo.

Cinco reagiram a emplastos ou cremes contendo lidocaína e prilocaína .

Marcia Hogeling, MD, dermatologista pediátrica da UCLA Health em Santa Monica, Califórnia, disse ao Medscape Medical News que esperava que os acrilatos causassem problemas, mas ficou surpresa que a BP tenha causado reações positivas no teste de contato.

A BP é conhecida por ser um forte irritante, mas um alergênico fraco, escrevem os autores.

"Era importante identificar os alergênicos nesses dispositivos. Espero que essas informações sejam usadas pelos fabricantes para criar produtos mais seguros para os pacientes", disse Hogeling, que não participou do estudo .

Hogeling reconheceu que o pequeno tamanho da amostra é um ponto fraco do estudo, embora ela tenha acrescentado que as descobertas podem ajudar os fabricantes a selecionar dispositivos que não contenham alergênicos de contato de seus pacientes.

"Muitas vezes passamos um tempo considerável ajudando os pacientes e suas famílias a encontrar maneiras de atenuar as reações", explicou. “Ter uma compreensão mais ampla dessas composições químicas ajudaria os médicos a escolher os dispositivos certos para seus pacientes e prevenir e tratar esses tipos de reações”.

McDonough, que também não esteve envolvido no estudo, observou que os pacientes do estudo estavam na Dinamarca e foram capazes de fazer a transição facilmente entre bombas de insulina e dispositivos de monitoramento de glicose.

"Nos EUA, geralmente é mais desafiador alternar entre dispositivos, devido a preocupações relacionadas a seguros.

"As verdadeiras taxas de reação na ampla população de diabetes tipo 1 são difíceis de avaliar", disse McDonough. "Os participantes do estudo foram selecionados de pacientes encaminhados a uma clínica dermatológica para avaliação da reação. Muitos pacientes não desenvolvem reações ou são tratados localmente para sintomas leves por seu endocrinologista.

"Este estudo deve servir como um chamado à ação para melhorias contínuas na transparência dos componentes que compõem os dispositivos e adesivos, e pode oferecer uma oportunidade para desenvolver intervenções adicionais para prevenir essas reações", aconselhou.

Dermatite de contato. Publicado online em 30 de maio de 2022. Resumo

Fonte : Medscape , Escrto por: Lorraine L. Janeczko, MPH , 30 de junho de 2022