Diabético abandonado precisa de um la... - Diabetes, Aprende...

Diabetes, Aprender a Conviver - ANAD
1,596 members1,686 posts

Diabético abandonado precisa de um lar com muito amor. É um cão chamado Saymon. 🐕

ThaisSaymon
ThaisSaymon

Caros membros e colaboradores da Associação Nacional de Atenção ao Diabetes,

Nós, da ONG Associação Bicho Brasil, pedimos, por gentileza, que levem em consideração o nosso pedido de ajuda.

Trata-se de um cão diabético que foi resgatado do abandono, porém até hoje não foi adotado porque é diabético e requer cuidados especiais.

Ele está muito solitário, carente e a cada dia mais triste, alojado num abrigo temporário em São José dos Campos-SP.

Ele precisa tomar injeção de insulina 2x/dia. Precisa de uma família que entenda a importância dos horários para a alimentação e a aplicação de insulina.

Paciência e cuidados para feridas que demoram a cicatrizar também são necessários. Ele tem muito medo de trovões e rojões, e pode se machucar se estiver sozinho.

Nós o chamamos de Saymon. Ele gosta de ficar perto das pessoas, é uma ótima companhia e é muito bonzinho.

Faz mais de 2 anos que ele está esperando uma família que o adote, mas os interessados desistem principalmente porque ele tem diabetes. Talvez alguém que também tem diabetes na família vai entender e cuidar do Saymon com o amor que ele merece.

Com a esperança de encontrar uma família para o Saymon na comunidade de diabéticos, pedimos sua ajuda para divulgar seu caso o máximo possível, até chegar a alguém que queira adotar esse amigão doce e dengoso como membro da família.

Agradecemos por qualquer ajuda que possam nos dar.

Sinceramente,

Eliana Meira

+55 (12) 99736-3266

abichobrasil.org@gmail.com

Thaís Passos

+1 (608) 695-3797

thais.passos@rehagro.com.br

- Associação Bicho Brasil -

Sediada em São José dos Campos-SP

abichobrasil.org@gmail.com

7 Replies
oldestnewest
FF49
FF49Administrator

Seu Post me traz de volta aos idos de 1922 ano da descoberta da Insulina, quando os cães tiveram importante papel nos testes de eficácia deste medicamento que salva milhões de vidas.

ThaisSaymon
ThaisSaymon in reply to FF49

Imagino! E infelizmente alguns -como o Saymon- são rejeitados por terem a doença e consequentemente precisarem de cuidados especiais. Mesmo depois de tanto tempo sem encontrar alguém que queira adotá-lo, ainda temos esperança de encontrar um lar para ele se divulgarmos para pessoas que têm familiares com diabetes, pois acreditamos que elas teriam mais empatia e paciência com ele. O que você acha?

Conseguiram alguém para ficar com ele? Pena que estou longe...

Oi, Fabíola!

Até agora, todas as pessoas que gostariam de adotá-lo tinham algum tipo de empecilho (pouco espaço. cães ciumentos etc.).

Você acha que pode oferecer um lar amoroso para ele?

Onde você mora?

Moro em Brasilia.

Há um grupo no facebook chamado diabetes doce desafio. A administradora é a Jane. Tem uma proposta de educação em diabetes. Tem muitos seguidores talvez ela autorize a publicação. Tentem o contato. Torcendo muito pra ele achar um lar.

Agradecemos muito pela sugestão, Fabíola!

Vou entrar em contato com a Jane do Diabetes Doce Desafio, sim!

Muito obrigada!

You may also like...