Descreva com 1 palavra (ou máx. 3) como você se sentiu momentos depois do diagnóstico

Descreva com 1 palavra (ou máx. 3) como você se sentiu momentos depois do diagnóstico

Queria conhecer um pouco mais sobre os diabéticos nessa comunidade! Vocês não conversam muito, mas sei que estão visitando os ótimos artigos postados pelo FF49 :)

Eu fiz esse exercício em algumas outras comunidades e pode ser bastante interessante - principalmente em diabetes, já os entendimentos e medos mudaram tanto nos últimos anos.

8 Replies

oldestnewest
  • ALÍVIO

    - Meu pai foi internado no hospital às pressas antes de ser diagnosticado. Por isso, foi um alívio quando descobrimos o que era = ele voltaria logo pra casa...

  • é verdade, o grupo fala pouco... Alguns se manifestavam mais como o toninho1950, a maryan, o sarilho,curiosa32. Fico na duvida até se alguns receberam as solicitações como a camila_hpa que solicitou a Tabela de Carboidratos. Mas o mais importante para mim é que estejam lendo as publicações que faço semanalmente e não faço mais por falta de artigos de real interesse, sem ser muito cientifico. Vamos em frente e que 2015 seja um ano melhor para todos , como muita saúde e muito CONTROLE !!!!

  • Vou lutar.

  • Surpreso seria a palavra, pois, como nao tenho casos de diabetes na familia foi uma surpresa ser diagnosticado.com diabetes.

  • Foi muito difícil pensei porque eu, será que tem cura, foi uma surpresa pois tinha 56 anos, não sabia nada sobre a doença apesar de meu irmão ter a diabetes tipo 1 uma tia a tipo 2 achava que eu não teria a doença, fui na associação de diabetes anad participei de palestras precisei de muita informação até aprender o que é diabetes e como cuidar da doença, hoje ainda frequento a associação porque acho que temos que estar sempre em dia com as novidades .

  • Fiquei um tanto quanto confuso, como se não estivesse num momento real. É que já tinha vivenciado situações difíceis de pessoas amigas, conhecidas, mas nunca, da família. Senti-me, também, aliviado, porque fazia pouco mais de um ano que eu deixara de fumar. Nunca me esqueço do que me disse o médico que diagnosticou a diabetes em mim: "você pode viver, envelhecer e morrer com a diabetes, mas, se brigar com ela, perde".

  • Chorei muito, me deu um desespero pois minha mãe morreu por complicações da diabetes.

  • PERDIDA

You may also like...