Diabetes, Aprender a Conviver - ANAD
1,450 members1,167 posts

Risco de catarata é mais alto em pacientes diabéticos mais jovens

Risco de catarata é mais alto em pacientes diabéticos mais jovens

Fonte: Medscape Medical News © 2018 ,12 de fevereiro de 2018 , por Liam Davenport

Os pacientes com diabetes tem um aumento de risco duplicado de desenvolver catarata em comparação com a população em geral. O risco é ainda maior entre os pacientes com diabetes mais jovens, dizem pesquisadores do Reino Unido baseado em registros em um grande estudo realizado.

Buscando esclarecer a relação entre diabetes e risco de catarata, eles examinaram dados em mais de 112 mil pacientes e grupos de controle. Eles descobriram que o risco de catarata era mais de cinco vezes maior entre os pacientes com diabetes enter 45 a 54 anos.

A pesquisa, publicada on-line no jornal Eye , mostrou também que, entre os pacientes com diabetes que viviam com a doença há mais de uma década, o risco de catarata era mais de cinco vezes maior que o de pacientes diagnosticados nos últimos 2 anos.

O co-autor do estudo, Rupert Bourne, MD, Vision and Eye Research Unit, Anglia Ruskin University, Cambridge, Reino Unido, disse que este estudo é apenas o segundo sobre a incidência de cataratas nos pacientes diabéticos do Reino Unido desde a década de 1980.

Ele observou em um comunicado de imprensa de sua instituição que "enfatizava ainda mais" a importância da triagem para a "identificação precoce e tratamento da doença ocular diabética para prevenir a perda de visão".

Bourne acrescentou que o estudo "é um exemplo interessante de como um conjunto de dados de cuidados primários, pode ser usado para investigar fatores de risco para doença ocular, neste caso foram usados os dados eletrônicos do Clinical Practice Research Datalink. ".

Aumento do Risco de Catarata com a Duração do Diabetes

Para quantificar a associação entre diabetes e risco de catarata, os pesquisadores examinaram o Ratal Clinical Practice Research Datalink (CPRD), que contém dados sobre 10 milhões de pessoas. Sua análise levou em consideração potenciais fatores de confusão.

Os pacientes do estudo tinham idade igual ou superior a 40 anos. Eles foram classificados como tendo diabetes se tivessem recebido pelo menos duas prescrições de medicamentos para diabetes a partir de 6 meses e antes de 1 ano após terem sido diagnosticados com diabetes.

Todos os participantes eram obrigados a ter pelo menos 3 anos de histórico médico no banco de dados antes de iniciar o acompanhamento. Foram agrupados com pacientes sem diabetes , por idade, sexo, estado clínico geral.

Os pesquisadores identificaram 56.510 pacientes com um primeiro diagnóstico de diabetes e o mesmo número de pessoas de controle sem diabetes. A idade média dos participantes foi de 60,1 anos.

No geral, a taxa de incidência de diagnósticos de catarata e casos cirúrgicos foi de 20,4 por 1000 pessoas-ano entre os pacientes com diabetes, contra 10,8 por 1000 pessoas-ano naqueles sem diabetes.

A taxa de incidência aumentou com o aumento da idade; as taxas mais altas observadas em indivíduos com 80 anos ou mais.

You may also like...