Paciente com CA de próstata

Olá, tenho 44 anos,. Estou com CA de próstata, e preciso de apoio, muito difícil descobrir e aceitar isso. Gostaria de ouvir relatos de quem fez a retirada da próstata. Obg.

21 Replies

oldestnewest
  • Olá amigo. Boa tarde. Olha o diagnóstico principalmente sendo jovem é assustador. Eu fui diagnosticado em novembro de 2016 estando com 52 anos. Na época meu mundo caiu no chão. Mas agora após tratamento (radioterapia ) que foi o tratamento que escolhi, estou me sentindo muito bem e levando uma vida normal. O susto passou e agora é só torcer pra ter erradicado de vez.

    No mais fique tranquilo. O que vc tem a fazer é tratar. Depois, tudo passa e terás uma vida normal novamente. Fé em Deus e em Jesus Cristo pois, tudo na vida é vontade de Deus.

  • Obrigado pelo apoio, para mim nesse momento é muito importante ouvir relatos de pessoas como você. Gostaria de saber se a opção de radio terapia foi indicada por seu médico ou se você procurou como outra opção a cirurgia ?

  • Boa noite amigo! Olha no meu caso, foi recomendado cirurgia ou radioterapia. Conversei bastante tanto com urologista bem como com oncologista e a opsao foi minha pela radioterapia contudo, tenho outros vários amigos que optaram pela cirurgia e após ficaram zerados. O fato é . VC TEM QUE TRATAR! Fique tranquilo vai dar certo. Fé em Deus pois, ele nunca te daria um fardo maior que tu podes carregar.

    Coragem irmão. Lute com fé vc vai vencer! !

  • Bom dia Paulo, não sei qual é o PSA ou como foi descoberto o seu problema. Bem meu amigo, tenho 51 anos e aos 49 tive que fazer uma RTU, quando fizeram a biopsia do material deu cá. O meu foi detectado gleison 3+3=6, ou seja, estava no início, depois do susto tive que fazer uma ressonância paramétrica da próstada após três meses e fazer acompanhamento do PSA. Como disse, não sei exatamente como foi a descoberta nem o grau em que se encontra, o que eu posso lhe falar é pra você ler muito sobre o assunto é verás que se cuidar não é tão assustador assim. Boa sorte na sua jornada e melhoras pra você.

  • Obrigado Wilson, muito importante o seu relato para mim . Eu descobri por acaso, tenho 44 anos e foi a primeira vez que fiz o exame de PSA , junto com exames de sangue de rotina, fui pego totalmente de surpresa. Meu PSA deu 4,66, e quando isso ocorre se analisa a relação PSALIVRE/PSA TOTAL . O meu deu 7%..... a referencia é ser acima de 25% para ser benigno ou algo assim. Então já com o urologista , ele pediu uma ressonancia magnetica, que apontou a neoplasia confinada a prostata, e após isso fiz a biópsia que resultou Gleason 6, em 50% das amostras, algumas com 70% de adenocarcinoma, e a amostra que deu menos deu 50%. Eu queria poder ter a expectativa de outro tratamento além da cirurgia, mas até agora nenhum médico me recomendou. Todos dizem ser do tipo agressivo , pelas caracteristicas dos resultados dos exames realizados.Confesso que estou bem desanimado, por isso busco apoio , compreensão, e conhecimento com a experiencia de outros homens que passaram por essa situação. Grato pelo apoio.

  • Meu amigo, por tudo que li o teu caso é realmente cirúrgico. Agora, existe uma cirurgia feita por robô em São Paulo no hospital no Hospital Osvaldo Cruz SP. Li a respeito e descobri que existe um médico que faz nesse hospital que ele é muito experiente no assunto, leia sobre a cirurgia e faça o mais rápido possível. Com essa cirurgia o risco de sequelas são mínimos. O médico tem que ter por referência muitas cirurgias já realizadas no curriculum dele. É por conta disso que estará mais hábil a realizar esse tipo cirurgia. Só mais uma coisa, li que o carro de próstata é muito lento e que todos os homens terão, de certa forma agradeça por achado o quanto antes, com isso você tem a possibilidade de alcançar a cura com certeza, boa sorte e muita saúde pra você.

  • Ca de próstata, e não carro!!!

  • Obrigado Wilson, hoje existem no Brasil 15 robôs , que estão em apenas 4 Estados (Sp, RJ, RS, e CE) , e tenho a sorte de estar em Fortaleza onde há esse procedimento. Estou pesquisando , mas já soube que somente particular no modelo de robótica , mas estou disposto a entender melhor , ver os custos e os beneficios. Estou enfrentando a fase inicial do choque da noticia, estou muito abalado, porque não esperava de forma alguma esse diagnóstico. Mas, a realidade tem de ser enfrentada, e vou buscar apoio e forças onde for possivel, inclusive aqui com vocês. Gratidão por seu relato.

  • Paulo meu pai esta com.câncer e pá 39.44 ele operou a 2 meses e esta bem.vai fazer exames para ver se precisa de complementar o.tratamento. ...fique tranquilo o.seu caso é simples psa baixo a chance de cura é total..além do Glassom ser 6 ótimo meu pai é 7 então entenda que o.seu caso é inicial e bem.simples de ser tratado...a opção de radioterapia ou cirurgia o seu médico ira explicar para vc o melhor.boa sorte.

  • Oi Maga, obrigado por seu depoimento.Muito importante para mim , vc saberia dizer qual tipo de cirurugia ele fez ? (aberta, laparoscópica, robótica ) ?

  • Aberta..e olha o caso do.meu pai é bem complicado ele tirou até os linfonodos pois os médicos já suspeita de metástase. ...quero te dizer o que com isso que seu caso é muito simples pois o Glassom é baixo e psa tb os médicos fala que esta inicial com.esse valor de psa...então o tratamento é bem tranquilo e jaja vc vai estar curado. Relamemte quando.descobrimos o.nosso mundo.desaba mas vai da tudo certo.

  • É verdade, uma noticia dessas nos tira o chão, o sonos, e a paz. Desejo uma boa recuperação ao seu pai . Qual a idade dele ?

  • Obrigado 58 anos

  • Oi Paulo,

    Eu tenho 54, optei pela cirurgia, faz 6 meses e hoje estou bem. Coloquei como objetivo principal a CURA. Referente a incontinência e a possibilidade de ficar com disfunção essas tem cura. Hoje estou continente e a questão da potência quanto mais jovem o paciente melhor a possibilidade de mantê-la. Converse com seu médico para preservar os nervos que nos dar potência, se optar pela cirurgia. Abraços e boa sorte.

  • Obrigado Jailson por sua colaboração comigo. O médico já me falou dos riscos, e claro assusta , mas sei que são variáveis de paciente para paciente . Gostaria de saber se a cirurgia foi aberta ou outra?

  • Laparoscopia.

  • Caro pauloric1707, vamos à sua necessidade : Hoje dia 05/10/2017 faz 3 meses que retirei minha próstata em cirurgia radical após receber o diagnóstico de câncer de próstata de escala 3+3 (gleason) e 3+4 (gleason) em outra amostra. O meu câncer estava confinado dentro da próstata que tinha 20g de peso (muito pequena) e o meu PSA era 1,17 ( muito baixo para os padrões médicos. Pois bem, quando soube do meu câncer tomei um baita susto mas fui me informar , informar, informar, informar,....e após vários exames tais como: PSA , FILMAGEM URETRAL, ULTRA-SOM e RESSONÂNCIA MULTIPARAMÉTRICA 3T , cheguei à conclusão que : Ou eu tomava uma atitude de tratamento ou morreria como 4 parentes meus. Diante de 3 médicos cirurgiões do Hospital da Saúde do Homem (Hospital Brigadeiro) em pequena reunião eu tinha algumas opções : Não fazer nada e deixar o câncer se espalhar para bexiga, rim e intestinos ou fazer tratamento que seria: Retirada da próstata por intermédio de cirurgia ( aberta ou videolaparoscopia) ou o novíssimo HIFU. O HIFU é um aparelho que introduzido pelo ânus lança um onda muito poderosa que queima o tumor. Perguntei para os médicos : Qual a chance de um tumor voltar daqui a 6 meses , 01 ano , 02 anos ou 05 anos e a resposta foi : Tudo pode acontecer , como também pode acontecer de nunca mais voltar. Daí pensei,.....se voltar o meu sofrimento será grande em fazer novamente biópsia, então disse para os médicos : Não quero o mais simples, que seria o HIFU mas quero o mais eficaz que no meu caso seria a retirada total da próstata. Optei pela videolaparoscopia. Como lhe disse , ha tres meses fiz esta cirurgia no Hospital Zerbini ou Hospital Brigadeiro e após 02 dias fui liberado para ir para casa com uma sonda na uretra. Fiquei com esta sonda por 15 dias (carregando uma bolsinha por dentro da calça, sutil , para coletar a urina). Fui após 15 dias retirar a sonda e para minha surprêsa urinei em todos ao meu lado pois a sonda deixou minha uretra flácida (incontinência urinária). Fui para casa e passei a utilizar um fraldão adulto para segurar a urina haja vista eu não ter controle nenhum sobre a urina,......e extremamente preocupado com aquilo e pensando : Até quando ???? ....Hoje, após 03 meses, compro fraldas de adulto , corto no meio , e estou usando meia fralda por dia.......e a troco por motivos higiênicos pois gostaria e muito me alegra dizer que 97% da minha incontinência urinária já passou. Às vezes quando faço um esforço muito grande da uma escapadinha, mas é uma questão de tempo para eu ficar 100%. Estou contente com a cirurgia, estou muito contente com minha recuperação e gostaria de lhe dizer que tenho 60 anos e você sendo jovem terá uma recuperação mais rápida, pode acreditar. Bem amigo, gostaria de lhe dizer o seguinte : Se câncer doesse todos homens estariam no urologista no dia seguinte mas como não doe, esquecem, portanto quero lhe dizer sem dúvida nenhuma : Vá ao médico , se informe da gravidade do seu tumor , procure saber aonde ele está corretamento ( a ressonância multiparamétrica poderá te mostrar isso com precisão) e se trate,....se for o caso , faça a cirurgia sem medo pois a vida continua e você é ainda muito jovem. Outra coisa que gostaria de lhe informar : Após 90 dias da minha cirurgia já estou com ereção em 90% do que era antes da cirurgia, continuo adorando mulher e tendo orgasmos,....sem ejaculação óbvio mas tão boa quanto era antigamente. Amigo , não se esqueça, não vou falar bonito nem florear : CÂNCER MATA ! , então procure o médico e faça o que for necessário pois você tem pelo menos mais 59 anos de vida pela frente. Grande Abraço e boa sorte.

  • Obrigado Matula por compartilhar a sua experiencia e me passar importantes conselhos de vida . Minha única opção é viver, vou fazer a cirurgia , pois é o que todos os médicos aqui tem recomendado, e eles tem me falado que a mais indicada hoje seria a robótica por oferecer riscos menores quanto as sequelas, e portanto farei a melhor sem nem piscar. Obrigado mais uma vez pelo seu depoimento, foi muito importante para mim nesse momento.

  • Olá Paulo! Em primeiro lugar foque na serenidade: fundamental nesta hora para você tomar a decisão de tratamento mais conveniente!

    Sua decisão da forma de tratamento deve ser tomada com tempo e, da forma mais racional possível.

    Tenho 63 anos e muita vitalidade, em fevereiro descobri que estava com câncer de próstata numa fase bem inicial. Meu urologista e outros três que consultei me aconselharam a retirada da próstata que indiscutivelmente é o tratamento mais eficiente para acabar com o câncer. Em nenhum momento senti medo, meu receio era não conduzir o tratamento da melhor forma. A possibilidade de sequelas como incontinência urinária e impotência me levaram a pesquisar outras alternativas. Descobri o método HIFO que é realizado no hospital AC Camargo em São Paulo. Marquei uma consulta e optei pelo tratamento. Minha próstata tinha um tamanho maior do que aquele que o equipamento (Ablatherm) do AC Camargo comportava. Acabei fazendo - antes de tratar o câncer uma transressecção da próstata no AC Camargo, este tratamento teria que fazer independentemente do câncer: além de resolver minha dificuldade de micção também diminuiu o tamanho da próstata, Depois fui tratar o câncer com o Focal One (HIFO) na França.

    Fiz exame de ressonância magnética que indicou ausência de neoplasia, agora é a cada seis meses acompanhar!

  • Obrigado por seu relato, muito interessante ver que a você foi apresentado algumas alternativas diferentes, no meu caso eu não tenho o aumento de próstata, a minha está com peso de 26g (normal), e isso tem preocupado aos médicos porque implica num tipo de CA agressivo, sei que terei que retirar a próstata, é fato. Mas é tudo muito novo e assustador ainda para mim. Força para você , e obrigado por compartilhar .

  • Obrigado Emar por seu depoimento, foi através de outro depoente aqui que eu tomei conhecimento dessa outra opção de tratamento (Hifo), e identifiquei o medico que faz em Curitiba e SP. já enviei os meus exames para análise, e ele me ligou para dar maiores informações. O que me assusta muito é a possibilidade de recidiva, que com a minha idade é de maior probabilidade, e uma cirurgia de resgate , como eles chamam, seria quase impossivel de obter bons resultados no futuro. Fazendo a cirurgia agora, em caso de recidiva eu poderia recorrer a uma radioterapia ,por exemplo, no futuro. Um abraço e obrigado por compartilhar a sua experiencia.

You may also like...