Meu marido foi diagnosticado com adenocarcinima gleason 6 (3+3), o médico orientou que o pode ser operado ou queimar? O que será melhor?

O medico não sugeriu não sugeriu nenhuma opção pediu p meu marido pensar.....

Ele chegou arrasado....tentei anima-lo, mas, de nada adiantou, ele correu p o tradicinal dicionário p psquisar, sugeri q viessemos juntos pesquisar no "amigo'' google, e o resultado foi ''pior'' pq até então ele pensava ser benigno, este site me aliviou um pouco com as respostas. O que fazer como anima-lo??? Ele resolveu enfrentar a cirugia, e amanhã (19/12/13) ele ja quer iniciar os exames de risco cirurgico.

Last edited by

6 Replies

oldestnewest
  • Celia,

    No saudedaprostata.org.br/inde... , vocês poderão encontrar informações que ajudarão na escolha. Passei pelo mesmo problema que seu marido está passando e escolhi a cirurgia, pois no meu caso tudo indicava que o câncer estava restrito à próstata, como parece ser o caso dele. O meu diagnóstico foi exatamente igual. Optei pela cirurgia, pois retirando a próstata tudo indicava que o câncer iria junto, que parece que foi o que aconteceu. Tenho feito exames e não precisei nem de quimioterapia, nem de radioterapia. Um diagnóstico desses é terrível para qualquer um. A gente nunca acha que irá acontecer conosco, ainda mais quando sempre se teve uma vida com muita saúde. Eu nunca tive nada e de repente descobri uma coisa dessas. Não é fácil. As decisões que se tem que tomar não são fáceis, mas o importante é você manter a vida com o máximo de saúde possível. De minha parte te digo que depois de 8 meses de operado minha vida voltou quase ao normal. Digo quase, porque algumas mudanças acontecerão e a gente tem que se adaptar a elas. A recuperação da cirurgia é até rápida. As sequelas da cirurgia você vai tratando e as melhoras vão aparecendo. Não desanimem. Façam o que tiverem que fazer para acabar com esse problema que ainda não é grave, mas é sério. Nas palavras do médico que me diagnosticou: "no azar você deu sorte... descobriu essa doença ainda em seus estágios iniciais, quando as chances de cura real são muito grandes..."

    Não é urgente, mas é imperioso não protelar muito e tratar. Se quiserem, podem entrar em contato comigo privadamente para trocar experiências (rafa.guit@gmail.com). Bem sei que numa hora dessas às vezes conversar com quem já passou por essa experiência pode ser de grande valia.

    Espero ter ajudado um pouco. Um abraço e que tudo corra bem com seu marido.

  • Oi.eu optei pela cirurgia..fiz em 03/12/2013...estou muito bem...meu gleason era 6(3+3) não me deram opção de queimar...fiz fiquei um dia e meio no hospital, e tive alta..logo dia

    seguine comecei andar..pelo hosp.estou em casa...e ja caminhando, pelo bairro, estou

    com um bom controle urinario, e como outros, posso dizer , manter serenidade, e enfrentar,os problemas decorrentes, são resolvidos, nada que não se possa suportar, com força de vencer...estou disposição, para mais esclarecimentos abcos Paulo209

  • Oi Paulo, sabia que o hospital não ia te segurar. Boa recuperação! Um abraço, Danilo.

  • Olá Celiallu!

    Desde agosto deste ano corro atrás de solução para o meu caso. Exames acusaram Gleason 5+ 4 e ainda agressivo. Este urologista me aconselhou procurar outro profissional para que também avaliasse meu caso. Feito mais exames e me disseram que meu caso, a melhor opção é a radiologia e tratamento hormonal. Me explicou porque não escolheu a cirurgia.

    Dependo da rede publica e estou confiante que com o tratamento proposto se não obtiver a cura, com certeza me dará uma sobrevida maior.

    Minha sugestão é buscar aconselhamentos de pessoas capazes, leia tudo o que puder sobre o câncer de próstata e com certeza terá confiança que estão buscando o que há de melhor para te oferecer.

    Fique com Deus e estou torcendo para que seu marido aceite e acredite que poderá ser curado.

  • Vai dar tudo certo...Confie em Dr Bezerra de Menezes

  • Celialu,

    Cada caso é um caso, portanto o tratamento ideal é diferente para cada pessoa.

    O importante é estudar bastante o assunto e pegar, se possível, outras opiniões. Tire todas as dúvidas possíveis com seu médico.

    Saiba que o que vocês escolherem será o melhor pois foi embasado em estudos e discussões.

    Estamos torcendo por vocês.

    Um abraço,

    Danilo

    Saúde da Próstata