Depoimento

Estou muito feliz em ter encontrado pessoas que compartilham do mesmo problema pois conversar com que não vive o mesmo problema é complicado, as pessoas não entendem ou pensam que estamos exagerando. Convivo com o transtorno de ansiedade há mais de 2 anos e sofri muito, pensei que ia morrer ou enlouquecer devido aos muitos sintomas. O que agrava minha situação é que tenho um problema cardíaco congênito sério e quando acordo de madrugada com uma crise forte penso que estou infartando, é terrível. Desde que comecei a ter os sintomas não sou mais a mesma pessoa, costumava dizer que sentia saudades de mim pois me tornei uma pessoa triste e desanimada, me sentia mesmo doente pois as crises eram contantes e intensas. Fiquei um tempo sem dormir, sem comer, chorando muito e passando mal com vertigens, enjoos, taquicardia, pânico e outros sintomas desagradáveis o que me fez me afastar do trabalho pois não conseguia dar conta das minhas responsabilidades. Após um ano e pouco de terapia e muita oração aprendi a me controlar e os sintomas foram desaparecendo. Fiquei meses livre deles, mas agora voltaram com menos intensidade. Resisto a medicação pois já uso vários para o problema do coração, labirintite e tpm. Agradeço a Deus por ter o apoio e carinho do meu esposo que me conforta nos momentos de crise. Sonho com minha cura total pois é uma doença que causa muito sofrimento, costumo dizer que sinto dor na alma. Agradeço pela atenção e se alguém do grupo puder me ajudar agradeço.

5 Replies

oldestnewest
  • Boa noite fabi; estou em tratamento ha 3 anos.de dois em dois messes vou ao neurologista.e continuo tomando o venlafaxina de 750.e quando me encontro agitado tomo um rivotrio.os seus sintomas são iguais os que eu tinha.hoje graças a Deus estou bem,mas não é fácil viver com todos esses sintomas.espero que vc fique boa logo.procure sempre se divertir em lugares menos tumultuado.fique na paz de Jesus.

  • Obrigada pelo apoio. Realmente o que mais desejo é ficar curada desse mal.

  • Olá estou fazendo uma matéria para O Globo sobre ansiedade. Gostaria de saber se você topa participar.

  • Ola..

    Olha eu passei por isso é venci !

    E te digo uma coisa só venci isso quem sai do papel de coitado e vai pra cima.. Não chore, se revolte contra o problema.. Acredite que tudo vai mudar e assim será..

    Por experiência própria eu te digo isso.. Não aceite mas isso..

    Comece a ter outros hábitos, comece a praticar exercícios, faça caminhada, vc não imagina o quanto faz bem ..

    Saia para passear com quem se sinta bem, tente se distrair, quanto mais conseguir não pensar nisso melhor ainda, então ocupe a cabeça com outras coisas, e coisas boas! Se liberte de preocupaçoes e pensamentos negativos.. Converse com quem vc confie, fale como se sente, nunca guarde NADA somente para vc, dívida seus sentimentos.. pratique isso todos os dias!

    Me ajudou extremamente e é certo q te ajudara também...

    E querida vc faz bem nao fazer uso dos medicamentos.. No lugar deles tome chás que acalme .. Enfim, pense positivo sempre!

  • Oi Fábi eu sofro do mesmo transtorno já à 11 anos, mas muita coisa mudou de lá para cá, estou com mais qualidade de vida, mas é uma luta constante para me abstrair dos meus pensamentos e de pensar que estou me sentindo mal, uns dias consigo e outros nÃo , mas temos que ter cada vez mais fé e entregar nas mãos de Deus e você como está?

You may also like...