FRUTAS E DIABETES: A MELANCIA

FRUTAS E DIABETES: A MELANCIA

As Melancias são consumidas em quase todos os lares em todo o mundo; originária da África do Sul, de onde se espalhou rapidamente devido ao seu alto teor de água. O fruto tem sido cultivado por muitos séculos e foi descrito em grande detalhe por hieróglifos que remontam ao antigo Egito e Índia. Nestes continentes, em que regiões desérticas são predominantes, tinham muitos nativos e viajantes que usavam a fruta suculenta como uma fonte de água transportável ou impulsionador de energia.

Podemos facilmente ver por que a melancia é principalmente consumida durante as estações de verão ou em climas tropicais. Ela tem 90% de teor de água quando totalmente madura e é uma excelente fonte de nutrientes que beneficiam muito o corpo.

Mas tem um alto índice glicêmico (IG) de 72, o que pode afastar muitos indivíduos que têm diabetes.

A verdade é que mesmo quem tem diabetes pode comer de tudo, porém devem ter cuidado nas escolhas e sempre prestar atenção em suas refeições.

Esta deliciosa fruta é extremamente baixa em calorias (uma xícara tem 46 calorias) e também tem antioxidantes que incluem o licopeno e beta-carotenos. Ambos aumentam quanto mais madura estiver a melancia. Ela tem maior concentração de licopeno que o tomate; e é esta substância que dá à melancia sua cor vermelha. Este carotenóide não só dá a cor ao fruto, mas também ajuda a prevenir contra doenças cardiovasculares, danos celulares causados ​​pelos radicais livres (ajuda a prevenir o câncer), e ainda possui propriedades anti-inflamatórias.

Ainda sobre a saúde cardiovascular, os cientistas encontraram um aminoácido na melancia chamado citrulina, que é convertido em arginina por nosso corpo. Este aminoácido ajuda a produzir pequenas quantidades de óxido nítrico, um relaxante muscular. Este é um dos efeitos do Viagra, o que levou os pesquisadores a acreditar que pode ser uma cura natural para a disfunção erétil, aliviar a pressão arterial elevada e dor muscular.

Este delicioso fruto é rico em vitaminas essenciais; uma xícara de melancia em cubos tem 20% do valor diário recomendado (DV) de vitamina C e 17% de vitamina A. Também tem uma boa quantidade de potássio, no mínimo 9% do DV.

A maneira mais saudável de consumir a fruta é comendo-a sem adicionar nada mais. Ela sozinha nos oferece um sabor único e doce, no entanto, pode ser consumida de qualquer maneira. A melancia pode ser adicionada em sucos, sorvetes, sobremesas ou ainda podemos consumir suas sementes torradas (isso é muito popular em alguns países), existe uma infinidade de receitas para escolher e incluir esta maravilha no seu dia-a-dia.

Mas, devido ao seu alto IG, consulte seu nutricionista para ajustar qualquer dieta e ter a certeza de incluir a melancia de forma segura na sua alimentação.

Lembre-se, moderação é importante, mesmo com as coisas que são benéficas para o seu corpo.

Fonte: diabetv.

oldestnewest

You may also like...