ADESIVO PODERÁ SUBSTITUIR INJEÇÕES E BOMBAS DE INSULINA PARA CONTROLAR DIABETES

ADESIVO PODERÁ SUBSTITUIR INJEÇÕES E BOMBAS DE INSULINA PARA CONTROLAR DIABETES

Picadas no dedo, agulhas de insulina e uma bomba fazem parte de um dia regular para Mark Baumgarten. Ele tem diabetes tipo 1. Seu corpo parou de produzir insulina quando ele tinha 10 anos de idade, por isso, quando o seu nível de açúcar no sangue fica alta, ele usa uma bomba para injetar insulina.

Baumgarten é um dos cerca de 29 milhões de americanos com diabetes. Enquanto ele se utiliza de picadas e uma bomba de insulina, um pesquisador local está tentando tornar a vida um pouco mais fácil para Baumgarten e outros com a doença.

Zhen Gu, um professor da Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill e de North Carolina State University, criou o que ele chama de “adesivo inteligente”.

“O patch é um dispositivo inteligente que pode liberar insulina no momento certo, especialmente quando o nível de açúcar no sangue estiver alto”, disse Gu.

Ele diz que o adesivo elimina a necessidade de picadas e agulhas para pacientes com diabetes.

“Os pacientes diabéticos precisam monitorar seus níveis de açúcar no sangue com freqüência, então estratégias como múltiplas injeções todos os dias, pode tornar esta tarefa desagradável”, disse Gu.

O adesivo é do tamanho de uma moeda de um centavo. Ele contém mais de 100 microagulhas que medem o açúcar no sangue e administram insulina na medida do necessário.

Ele pode ser usado no braço ou no estômago.

Cada patch custa cerca de US $ 2, e um único patch dura cerca de um dia.

Baumgarten, que gasta cerca de US $ 2.000 com seu diabetes por ano, podia ver uma economia considerável de custos ao passar a utilizar este adesivo.

Ele não tem certeza de que já está pronto para mudar o seu ritual diário, no entanto.

“Eu não tenho, necessariamente, certeza de que iria usá-lo uma vez que eu estou muito acostumado com a bomba”, disse Baumgarten.

Ele diz que o patch pode ser mais útil para as crianças que não sabem como gerir a sua diabetes ou para aqueles que não gostam de tomar injeções.

Ainda será preciso um pouco mais de um ano antes deste adesivo estar pronto para uso do consumidor.

Fonte: McKenzie Bennett reported this story as part of the UNC MediaHub.

Copyright 2016 The University of North Carolina at Chapel Hill. All rights reserved.

Read more at wral.com/patch-could-rep...

Tecnologia - 21 de fevereiro de 2016

oldestnewest

You may also like...