Perda da Sensibilidade da Ponta do Dedo Pode Indicar Progressão do Diabetes Tipo 2

Fonte: diabetesincontrol

Os pesquisadores avaliaram diferentes medidas de função das mãos e dedos em pacientes diabéticos tipo 2 ....

A neuropatia diabética afeta muitos pacientes e envolve todos os quatro membros do corpo.

Aproximadamente 90 % dos pacientes diabéticos apresentam sintomas sensoriais.

Disfunção na coordenação motora afeta cerca de 77 % dos pacientes diabéticos.

Embora existam muitos casos de disfunção sensorial e habilidades motoras, muitos pesquisadores se concentram nas extremidades inferiores.

Os pacientes de qualquer faixa etária podem apresentar neuropatia diabética, mas parece ser mais comum em pessoas que tem ou tiveram diabetes durante pelo menos 25 anos ou mais.

Muitos estudos foram realizados nas últimas décadas em relação à função de habilidades motoras das mãos em pacientes diabéticos.

Muitos dos estudos apresentaram resultados contraditórios; alguns deles tiveram problemas com dados demográficos do paciente.

Um estudo, comparando as habilidades motoras de pacientes diabéticos, utilizou participantes com uma variedade grande de diferentes faixas etárias. Este estudo queria se concentrar em um grupo de idade e uma proporção igual de homens e mulheres.

Este estudo analisou dez indivíduos adultos com diabetes mellitus tipo 2; com idades variando entre 60 a 67 anos. Os participantes foram: cinco mulheres e cinco homens com um nível médio hemoglobina A1c de 7,8 + 2,1 %.

Todos os participantes eram destros e não tinham sofrido trauma anterior nos membros superiores.

Os participantes com histórico de neuropatia ou outros distúrbios neurológicos foram excluídos deste estudo.

Os pesquisadores observaram que os participantes exibiram disfunção sensorial e output cinético alterado.

Outros resultados incluíram diferenças inconsistentes no desempenho de tarefas cronometradas, clinicamente validados em comparação com os adultos não diabéticos da mesma faixa etária.

Disfunção sensorial e algumas avaliações cronometradas foram associadas com a gravidade da doença.

Os pesquisadores concluíram que nenhuma das medidas registradas estava relacionada com um diagnóstico clínico de neuropatia periférica.

Concluindo ,os pesquisadores avaliaram diferentes medidas da função da mão e dedo em pacientes diabéticos tipo 2.

A gravidade da doença foi o fator mais óbvio que afetou a correlação mão / dedo.

Pontos Relevantes:

•Sinais e sintomas de neuropatia podem variar de dormência temporária a uma dor ardente de perda de massa muscular e paralisia.

•Geralmente, problemas nos pés devido a neuropatia diabética são devidos a uma falta de circulação de sangue na área.

•Muitos acreditam que a neuropatia na mão não é tão perigosa como neuropatia no pé porque pode ser detectada e tratada mais rapidamente.

Górniak S, Khan A, Ochoa N, et. ai. Detecting subtle fingertip sensory and motor dysfunction in adults with type II diabetes. .

Experimental Brain Research. 2014 april 232 (4) :1283-1291.

Last edited by
oldestnewest

You may also like...