INSULINA

Insulina é o hormônio produzido nas ilhotas de Langerhans, células do pâncreas. Promove a absorção da glicose circulante na corrente sanguínea pelas células presentes nos músculos e no tecido adiposo.

Quando os carboidratos são ingeridos e absorvidos, a glicemia aumenta. Nesse momento, as células produtoras de insulina liberam esse hormônio. A liberação reduz a glicemia, levando a glicose do sangue para o fígado, músculos e tecido adiposo. Será usada mais tarde na produção de energia.

A insulina é a “chave”, e o receptor insulínico é a “fechadura”. Quando a porta se abre, a glicose entra.

O defeito do Diabetes pode estar na “chave” ou na “fechadura”, impedindo a glicose entrar na célula, acumulando-se no sangue . Assim se caracteriza a Hiperglicemia.

Os diabéticos que não produzem insulina necessitam desse hormônio em injeções diárias.

A insulina começou a ser produzida industrialmente, em 1923, pela extração desse hormônio do pâncreas de animais bovinos e suínos.

Desde os anos 80, com o advento das técnicas da Engenharia Genética, toda insulina comercializada é denominada Insulina Humana. pois a molécula sintetizada é exatamente igual à molécula de insulina produzida pelo homem.

Esta metodologia consiste em inserir numa célula (bactéria ou levedura) o gem humano responsável pela síntese da insulina. Esta nova célula modificada, irá multiplicar-se em condições adequadas (processos de fermentação) e produzir moléculas de insulina.

Mais recentemente, surgiram os medicamentos denominados análogos de insulina, que não são propriamente a insulina em si, mas moléculas modificadas em laboratório para obterem melhor controle glicêmico.

Last edited by

2 Replies

oldestnewest
  • Tomo insulina duas vezes ao dia, estou inchando, penso eu, que é por causa da insulina. Fiz exame dos rins, com a graça de Deus, não deu mada. O que pode ser, é a insulina?

  • Informe seu médico assim que possível, se você apresentar sinais de insuficiência cardíaca como falta de ar, ou aumento rápido no peso, ou inchaço localizado (edema).

    Esta recomendação está presente nas Bulas das insulinas, no capitulo de Interações Medicamentosas.