Não desistam de procurar um diagnótico

Um ano e dois meses após a crise severa, três anos após os primeiros sintomas, recebi o diagnóstico definitivo: Doença de Chron. Foram muitos médicos, exames, crises existenciais e descrédito por parte de alguns profissionais da saúde sobre meu quadro clínico. Finalmente, uma enterotomografia identificou minhas lesões (estenoses significativas) no intestino delgado (região do íleo) e poderei ter acesso ao Humira. Foi meio triste a confirmação - porque eu tinha esperança de ser uma síndrome do intestino irritável - mas teve o lado positivo, de ter direito à medicação adequada, ao tratamento e ficar feliz pela possibilidade de uma melhor qualidade de vida. =)

Não desistam se o quadro de vocês é indefinido. Mesmo que passe por muitos perrengues ou se deparem com médicos despreparados (eu ouvi de dois deles que não tinha nada - um gastroenterologista e outro proctologista). Vale a pena procurar uma saída.

3 Replies

oldestnewest
  • Ola Stela,

    Minha prima ficou por 7 anos sem diagnostico e por conta do atraso , ela tambem desenvolveu uma estenose ... mas depois que comecou o tratamento esta super bem!

    Nao entendo como medicos nao conseguem chegar a conclusao de rapidamente ja que os sintomas sao tao caracteristicos!

    Apenas uma duvida: Sua confirmacao veio atraves de uma biopsia na colonoscopia?

    Muito obrigada e melhoras !!! A melhor coisa e' sabermos o que esta acontecendo de errado conosco, ficar sem diagnostico e' pessimo!!

  • Oi Arizatti. Como meu problema afeta o intestino delgado, não aparecia em exame de colonoscopia. Na biópsia do íleo terminal só havia dado ileite leve de causa não definida. O que identificou foi uma tomografia mas só porque já tenho várias estenose.

  • *estenoses

    Obrigada pelas palavras de apoio. :)

    Certamente vou ficar melhor.

You may also like...