Chocolate escuro: Será que o mistério foi resolvido?

Certas bactérias no cacau fermentam no estômago em compostos anti-inflamatórios ....

Fonte: diabetesincontrol

Os investigadores descobriram que certas bactérias no estômago fermentam o cacau em compostos anti-inflamatórios - compostos que podem ter efeitos benéficos sobre o sistema cardiovascular.

Neste estudo, os pesquisadores investigaram a resposta de bactérias encontradas no trato gastrointestinal humano para 3 tipos de pós de cacau: Lavado, Paragon e Geekins Sienna.

Usando um modelo gastrointestinal, estes pós de cacau foram digeridos e materiais não digeríveis foi então deixados a fermentar por bactérias normalmente encontradas nas fezes humanas.

Produções de ácidos gordos foram medidos e análise química foi realizada na linha de base, 6, 12, 18 e 24 horas.

Os investigadores descobriram que um ligeiro decréscimo no pH entre 6 e 12 horas, e descobriram que houve produção de ácido acético, ácido butírico e ácido propiónico .

Além de pequenas quantidades de fibra, o pó de cacau contém vários antioxidantes incluindo catequina e epicatequina.

Uma vez que estes componentes de cacau em pó não são facilmente absorvidos, uma vez que atinjam o intestino grosso, as bactérias os fermentam o que resulta na produção e absorção de compostos anti-inflamatórios.

De acordo com um dos pesquisadores, "micróbios bons, como Bifidobacterium e bactérias lácticas, quando você come chocolate escuro, eles crescem e fermentam, produzindo compostos que são anti-inflamatórios. "

Pontos Relevantes:

•Os benefícios do chocolate escuro parecem ser devidos aos anti-inflamatórios ,subprodutos da fermentação do cacau, produzidos no trato gastrointestinal.

•Combinando o chocolate escuro com outros alimentos, como frutas ou probióticos, podem trazer benefícios adicionais

Da American Chemical Society (ACS) 247 National Meeting & Exposition. American Chemical Society. 03 de março de 2014.

oldestnewest

You may also like...