Biotecnólogos Trabalham na Produção de Proteínas através de Leguminosas

Fonte:FoodNewsLatam , 22 janeiro, 2014

Especialistas em biotecnologia , disseram que, no futuro ,vegetais como brócolis podem substituir as injeções de insulina para o diabetes ou ser uma ajuda no tratamento da Síndrome de Turner, Síndrome de Alzheimer, ou para prevenir alguns tipos de câncer, como vírus Papilomavírus Humano (HPV).

Com o objetivo de criar “ vacinas comestíveis “ , cientistas do Centro de Investigação e Estudos Avançados ( CINVESTAV ) trabalham na produção de proteínas necessárias para a saúde , como o hormônio insulina e o hormônio de crescimento , utilizando legumes.

O chefe da pesquisa, Graciano Calva Calva informou que o aumento dos problemas metabólicos causados por falhas na produção natural de algumas proteínas estão intensificados ,resultando em aumento da demanda por medicamentos que contenham essas proteínas como ingredientes ativos .

Entretanto, ele disse que a produção atual de algumas proteínas utilizando as técnicas tradicionais para uso em medicamentos pode ser insuficiente,de modo que tecnologias alternativas são necessárias para produção destas, utilizando vegetais, por exemplo.

Calvo ,que pertence ao Departamento de Biotecnologia e Bioengenharia , propõe a produção de tais proteínas utilizando as células de cultura de tecidos in vitro ou plantas transgênicas ou órgãos vegetais , para fins farmacêuticos , para complementar as drogas atuais que tratam das doenças relacionadas .

São chamadas de "proteínas transgénicas " aquelas produzidas por um organismo, neste caso,os legumes, que em condições naturais, não levam a informação genética para a sua biossíntese , por conseguinte, é necessário introduzir na planta através de uma bactéria , explicou .

Este sistema de transformação , denominado processamento agro- transformação, detalhou o especialista recorre aos vegetais , neste caso, os legumes ,para a produção de proteínas através da bactéria denominada Agrobacterium rhizogenes .

Calvo Calvo explicou que a planta é " infectada" com o gene da insulina para produzi-lo como se fosse o pâncreas ; tal como acontece com outras proteínas tais como o Hormônio do Crescimento.

O pesquisador explicou que uma vantagem de utilizar plantas para este fim é que é possível produzir proteínas complexas no exterior do corpo humano , alguma das quais as bactérias por si só não são capazes de produzir em sua forma ativa.

Assim mesmo, continuou, este sistema biotecnológico permite que a partir de uma célula vegetal possa-se obter milhares de plantas produtoras de proteínas, como a insulina, hormônio do crescimento ou virais, como o Papiloma Humano curar ou prevenir vários tipos de câncer.

O cientista disse que estas plantas, depois de passarem por um quarto cultivo asséptico em uma estufa , podem estar prontas para ser cultivadas no campo.

Ele disse que existem vários projetos similares em todo o mundo;no entanto, ainda está trabalhando na identificação das plantas que ofereçam as melhores condições para a produção dessas proteínas transgênicas, já que nem todas são produzidas em larga escala e outras não são compatíveis.

1 Reply

oldestnewest
  • São tantas promessas...e no futuro, futuro...:(

You may also like...