Dicas para aproveitar ao máximo os temperos

- Ervas frescas devem ser adicionadas, preferencialmente, mais para o final do preparo, para evitar a perda do seu sabor. Pode-se usar uma metade da quantidade no início da preparação, e a outra metade depois da cocção prolongada.

- Há certas ervas secas que têm sabor mais forte do que as frescas, por isso devem ser usadas em menor quantidade, e algumas dessas podem ser colocadas durante o processo de cocção.

- Temperos não moídos (partidos) podem ser adicionados no início do cozimento para liberar seu sabor lentamente.

- Em preparações cruas, os temperos podem ser adicionados várias horas antes para que seu sabor seja liberado.

Regras de gerais de compra e conservação dos temperos

- Compre-os em pequenas quantidades, pois alguns temperos, se guardados por muito tempo, perdem a intensidade do sabor inicial. Sempre que possível, compre temperos inteiros e rale ou corte apenas no momento que for utilizá-los.

- Muitas ervas são mais saborosas quando ainda frescas e, como muitas não são encontradas com facilidade nos mercados, tente cultivá-las em casa para que você sempre as tenha disponíveis.

- Temperos frescos devem ser colocados na geladeira dentro de sacos de papel ou recipientes bem fechados.

- Guarde especiarias e ervas em ambiente seco, longe do sol e de insetos. Use embalagens bem fechadas. Se desejar, coloque-as na geladeira para aumentar sua durabilidade, mas cuidado para que não acumulem água.

- As ervas frescas podem ser congeladas. Pique as folhas e coloque-as em fôrmas de gelo, cubra com água gelada e congele. Quando os cubos estiverem firmes, tire da fôrma e guarde-as em um saco plástico.

oldestnewest

You may also like...