O que te fez querer parar?

Compartilhe com a comunidade as suas motivações

5 Replies

oldestnewest
  • Pessoal, eu parei devido um conjunto de acontecimentos e informações. Num período de muito estresse, peguei minha bike para aliviar o pensamento, e fui ate o litoral sem perceber, e vi que o cigarro começou a atrapalhar a dinâmica da viagem (do esporte), porque esfriava o corpo e com a desidratação do organismo pelo esforço a boca ficava grudando e muito amarga, então lembrei de uma entrevista que fiz com um psiquiatra especializado em drogas de abuso, e ele me ensinou o seguinte:

    - Todo vicio independente de qual seja tem como principio um DESAFIO, tanto que se falar para um drogaditcho _Para com isto !!! Ele vai sentir vontade de fumar na hora.

    - Todo vicio tem três raízes: Química, Psicológica e de Hábitos.

    - Não se vence o vício com o foco nas características química e nem psicológica, mas sim em começando em alterar os hábitos, pois...

    - todo fumante quando vai a algum lugar, não sabe o que fazer com as mãos, então puxa um cigarro.

    - Todo fumante deseja portar algo entre os dedos

    - Muitos fumantes , mesmo que não traguem, necessitam ver o cigarro no cinzeiro e/ou gostam de ver o cigarro queimando seja nos dedos ou no cinzeiro

    - após comerem salgados, doces, cafezinho faz parte como de um ritual, o cigarrinho

    - nos momentos em que se sente fome e não pode comer no momento, puxa-se um cigarro para substituir prazeres, é para ativar a sensação de saciamento. Isto se dá para a sede, para a leitura, para o estudo e também para o sexo.

    SUGESTÕES

    - Se em sua mente o cigarro dá prazer, é porque mentalmente você diz _O cigarro é legal !

    como a sugestão é de identificar os hábitos, compreendê-los e trabalhar em sua inversão, deve então dizer sempre que sentir vontade do cigarro _Isto é troço de merda ! E imaginar portando entre os dedos um troço de merda que você leva até a boca e traga demoradamente prazerosamente. (PS: desculpem os termos, é necessário).

    - Sentiu vontade, espere 10 minutos, porque o cérebro está acostumado (viciado) com certa quantidade de nicotina (vicio químico) em determinados períodos (vício de hábito), mas assim como a comida, se você não atender no momento a fome passa.

    - Importante beber muita água, sentiu vontade de fumar, beba água. Ela ajuda na limpeza do organismo é como se diluísse a nicotina aos poucos.

    - Sentiu vontade, porte um lápis ou uma caneta entre os dedos, a vontade é forte, simule que é um cigarro e faça os movimentos de estar acendendo o cigarro (Lápis). Se a vontade é muito forte, pegue um cigarro verdadeiro, o cheiro próximo à narina engana o cérebro, simule que o acende e traga o cigarro apagado, no faz de conta.

    _Como o vício se sustenta num desafio, não deve permitir, não deve desenvolver a síndrome de culpa, se a vontade é insuportável fume então, sem culpa, mas com consciência de que está formando opinião para parar de fumar e que então a próxima vontade ao invés de esperar 10 minutos você vai aguentar, para compensar, esperar meia hora sem fumar, e cumprir sempre, não se enganar.

    - Determinar um lugar só para fumar, ou seja num lugar menos confortável, e só fumar ali, seja em que condição for, por exemplo, escolher o canto do muro no fundo do quintal, faça sol ou chuva, fumar somente ali, nunca mais fumar dentro de casa, sumir com os cinzeiros ou tudo que lembra o cigarro, inclusive sumir da vista o maço.

    E fazer opinião tendo a consciência que a crise de abstinência dura aproximadamente 18 dias, é o período um pouco mais difícil, porém é o maior prazer quando entrar em casa , como foi meu caso, e sentir o cheiro de queijo.

    Enfim espero ter contribuído, desejo a todos o bem. Estou à disposição, e desculpe minha demora em responder.

    PS: Lembrando que o acompanhamento medico e/ou psicológico contribui e muito, e procurar uma ocupação para as mãos, e que o esporte ajuda muito, porque amplia o sistema aeróbico do organismo.

    PAZ E SAÚDE !

    William

  • o texto ficou corrompido e com erros, não sei o porque

  • Eu achei ótimo William, mas se você deseja pode sempre editar as suas publicações. Clicando no botão cinza "Editar"!

  • foi o diagnóstico do meu tio, câncer, e a minha esposa estar fazendo pressão para eu parar de um jeito ou de outro, e eu confesso, eu aproveitei e resolvi tentar de verdade, vamos ver o que vai acontecer, parar é difícil, mas não impossível.

  • Descobri que vou viver comigo mesmo todos os dias da minha vida. Desde então tenho-me esforçado para me amar a mim mesmo. A servidão do tabaco estava em contradição com esse propósito.