Sinto ansiedade e palpitações mas tenho medo de tomar remédios

Tive síndrome do pânico a 5 anos atras. Depois de um longo periodo de estres no trabalho, tive uma dor forte no peito, a pressão subiu, coração acelerado, formigamento no braço, corri pro pronto socorro, na época eu tinha certeza que estava infartando, fiz todos os exames e deu tudo normal. ia toda semana pro pronto socorro. Levei um bom tempo para entender o que estava acontecendo comigo mas fui melhorando e consegui levar uma vida quase "normal", ainda penso às vezes que tenho problemas no coração, enfim... tenho um bebê de um ano e dois meses e tive depressão pós parto, melhorei conforme o tempo foi passando sem remedios, estou aqui em SP a 6 meses, tenho dificuldade de me adaptar às mudanças e com isso as palpitações continuaram e isso me incomodava muito, faço check up sempre e os exames sempre deram ok, fui ao psiquiatra e ele me receitou psicoterapia e tbm paroxetina 10mg, não consegui tomar pois tenho medo de ficar dependente e tenho medo de sentir efeitos colaterais. No primeiro dia com a psicóloga ela me aconselhou a não tomar medicamentos pois mascaram os sintomas e causam dependencia, a partir deste dia minha vida mudou...pra pior. Minha ansiedade aumentou muito, as palpitações tbm, fiquei muito confusa, acho q nao vou conseguir levar uma vida normal nunca mais. Resumindo...as consultas com a psicologa me deixaram muito pior e não sei se devo tomar remedio por medo de ficar dependente, to num beco sem saída. Alguém pode me ajudar? não sei oque fazer.

6 Replies

oldestnewest
  • Olá! Acho que vc deveria mudar de psicóloga primeiramente. Eu tive alguns episódios de síndrome do pânico há alguns anos. Atualmente continuo com ansiedade forte porém sem esses sintomas que vc cita.. que eu cheguei a ter também em menor escala. O tratamento é composto por psicoterapia associado ao uso do medicamento. Não encare o uso do medicamento como algo que vai te viciar.. é apenas para servir de auxílio nesse momento. No começo eu resisti muito a usar medicação.. eu não conseguia melhorar.. de certa forma o que sentimos é um problema químico do nosso corpo.. Eu já fiz uso de Fluoxetina.. Paroxetina e me acertei somente com a Sertralina. Meu médico me tranquilizou muito em relação ao uso do medicamento, pois pretendo ter filhos e tinha medo disso afetar em algum momento. Mas a Sertralina só me trás benefícios, crianças e grávidas tb fazem uso. Questionei se terei que fazer uso minha vida toda.. ele me disse que depende do meu estilo de vida. Essa agitação que está sentindo deve ser vinda da sua mudança de cidade.. SP é um lugar de muitas oportunidades porém de muito estresse tb. Sou de SP e tenho 30 anos.. convivo com a TAG desde meus 15 anos.. sei que não é fácil passar pelo o que está passando agora, eu demorei bastante a entender o que estava acontecendo comigo. Não resista ao uso de medicamento.. vc achando o certo pra vc será mais fácil passar por essa fase.. porque isso são fases.. exercício físico ajuda muito. Espero que tenha conseguido te auxiliar.. um bom profissional não vai colocar coisas irreais na sua cabeça, mas te orientar em seu tratamento com os recursos necessários para isso. Um abraço

  • Olá! Que bom trocar experiências com pessoas que passaram ou passam por isso. Já tava achando que só eu tenho medo de tomar medicamentos, com certeza VC me ajudou muito com seu relato. To sofrendo muito com isso. Preciso me sentir bem pra cuidar do meu bebe e continuar a vida aqui que é muito diferente, não tenho ninguém aqui. Vou tomar o que o médico me receitou que é uma dose ínfima, apenas 5mg por dia, ele tinha receitado 10 mas diminuiu devido ao meu medo, tomara que eu me acerte com esse, volto pra contar. Vou trocar de psicóloga também e começar praticar uma atividade física. Muito obrigada pela ajuda!

  • Que bom, Márcia.. fico feliz!!! A resistência ao medicamento é muito normal.. eu tinha muitos medos a respeito do remédio.. e me importava até com que os outros iriam pensar, mas quem não vive isso não sabe como é!! Vc tem um bebê e pela responsabilidade que isso implica precisa mesmo estar bem para cuidar dele. Eu também tomo metade da dose do meu remédio.. me deixa relaxada.. tomo a noite. Cada pessoa se adapta ao horário de forma diferente.. tem gente que toma de manhã sente sono o dia todo (meu caso), então passei a tomar a noite e durmo MUITO bem.. acordo renovada. Vc vai sentir a diferença.. esses remédios demoram um tempinho até seu corpo se acostumar. Pode até sentir um efeito colateral leve.. mas vc vai se sentir muito melhor. Volte para me contar sim. O exercício físico ao menos para mim age como se toda a energia "carregada" dispersasse do meu corpo... é um grande bem estar que proporciona.. nem que se for uma caminhada... faça!! Boa sorte!!!

  • Oi Márcia, eu tenho o transtorno de ansiedade generalizada(TAG)ha trés anos que faço tratamento e me sinto bem os meus sintomas era igual ao seu.passei por maus momentos mas hoje eu vivo uma vida normal.mas ainda estou em tratamento com uma neuro. tomo o Venlafaxina 75 mg comecei com um todos os dias.agora tomo dia sim,dia não.e quando eu me sinto nervoso tomo um Rivotril de 0,5 antes de dormir.mas é bom vc procurar conversar com outros psiquiatras,psicólogos e neuros...veja se as conclusões deles batem...fica na paz que Jesus coloque o Médico certo em seu caminho!!

  • Manda essa sua psicóloga a merda!!! É você que sofre com os sintomas. Terapia é importante, mas vc vai levar séculos p sentir melhora. Toma o remédio sim. Eu tomo há 12 anos. É o que me mantém equilibrada. Paroxetina engorda. Tenta ver com ela Fluoxetina. Abraços

  • Olá, tenho 21 anos e sou bastante ansiosa.

    Sempre pratiquei desporto desde pequena e aos 18 anos, depois de um treino, senti palpitações... Bem a partir daí nunca mais fiz um único desporto.

    Antes andava muito assustada sempre que tinha uma dita extrassístole, mas com o passar do tempo, consigo controlar as que vêm isoladas.

    Mas agora o meu problema é, o que eu tenho sentido é mais duradouro..e diferente.

    Eu sinto a batida do coração como se fosse por dentro, o coração é lento e descontrolado. Sinto tudo, dá uma batida e fica uns 3 segundos sem bater, e depois dá outra... e o mesmo, e elas são fortes e eu sinto como se fosse uma tremura muscular. E não é só 1 ou 2. São 5 ou 6 ou mais.

    Quando vou às urgências já o meu coração está "calmo" e nunca detectam nada...

    Mais alguém sente este sintoma? ...