Informes Educativos: Alimentos e seus índices glicêmicos e cargas glicêmicas

Informes Educativos: Alimentos e seus índices glicêmicos e cargas glicêmicas

Ter uma lista dos alimentos com maior e menor índice glicêmico e carga glicêmica é importantíssimo para você evitar de escolher um item, pensando que é saudável, e depois se arrepender pelo nível de carboidrato.Para evitar que isso aconteça, confira a tabela a seguir.1

Para acessar click no seguinte endereço :

diabetestipo2.novartis.com....

Last edited by

3 Replies

oldestnewest
  • Bom dia! Achei importante, nós diabéticos, termos essa informação e essa relação, porém não sei como interpretar corretamente essa informação e como escolher esses alimentos com base nessa lista.

    Seria possível acrescentar mais informações a respeito desses índices?

  • Obrigado pela sua participação. Buscarei mais informações conforme solicitado. Todavia, SEMPRE você deverá ser orientado pelo seu médico e/ou nutricionista em relação à sua dieta.

  • Veja se esta informação ajuda mais um pouco . NÃO SE ESQUEÇA : FALE SEMPRE COM SEU MÉDICO :

    Indice Glicêmico

    Os carboidratos deixaram de ser os “fantasmas” na alimentação do Diabético, basta saber o conceito de Índice Glicêmico e colocá-lo em prática.

    Índice Glicêmico é um fator que diferencia os carboidratos, e nada mais é do que a capacidade que cada alimento tem de aumentar a glicose sanguínea.

    Toda vez que ingerimos carboidratos (pães, massas e cereais..), estes entram na corrente sanguínea com diferentes velocidades e quanto mais rápido isso acontecer, maior será a descarga de insulina, já que o corpo tenta manter o equilíbrio glicêmico.

    Para termos idéia de como isso acontece basta conhecer o valor do Índice Glicêmico do alimento padrão, o pão branco, que é 100, desta forma podemos classificar os alimentos em alto ou baixo Índice glicêmico.

    Alimentos que afetam pouco a resposta de insulina no sangue são chamadas de baixo índice glicêmico e as que proporcionam uma descarga maior de insulina de alto índice glicêmico.

    A alimentação ideal é aquela que não altere muito o nível de açúcar sanguíneo.

    Uma dica é evitar carboidratos altamente processados e adicionar fibras e boas gorduras em seu cardápio, por exemplo uma bolacha cream cracker afetará menos os níveis glicêmicos se adicionarmos uma margarina de boa qualidade.

    Existem várias razões para os diabéticos usarem este conhecimento, uma delas e que se você ingere alimentos com alto índice glicêmico o corpo lança mão de enormes quantidades de insulina, na tentativa de manter normais os níveis de açúcar no sangue.

    Sabe-se que a insulina é um hormônio que leva o açúcar para dentro do músculo na forma de glicogênio, mas estes depósitos têm uma capacidade limitada, portanto o excesso de açúcar é convertido em gordura com subseqüente ganho de peso.

    Um outro motivo que merece muita atenção é que se você continuar consumindo alimentos com elevado índice glicêmico seu corpo começa a adquirir certa resistência à insulina.

    Por isso aproveite mais as fibras dos alimentos, nunca dispense as cascas das frutas e o bagaço da laranja. Prefira purê de batata à batata cozida, adicione um pouco de azeite em sua salada, além de requeijão light em seu pão com fibras e note diferenças em seus níveis glicêmicos.