Informes Educativos: Proteína- importante nutriente para a sua saúde

Informes Educativos: Proteína- importante nutriente para a sua saúde

Consumir proteína com moderação faz bem para o controle do Diabetes Tipo 2. Saiba aqui os alimentos que podem ser benéficos para sua saúde.

Já falamos aqui sobre o valor que o carboidrato possui na vida das pessoas (inclusive daquelas com diabetes tipo 2).

E, assim como esse nutriente, outro elemento também é precioso para quem busca uma vida muito mais saudável: a proteína. 1

O elemento, encontrado em todo o corpo, tem como função fornecer ao organismo os aminoácidos essenciais, ou seja, aqueles que não são fabricados pelo organismo, ajudando na construção e renovação celular de músculos, ossos, pele, cabelos e tecidos.1, 2

No cardápio

Os alimentos mais ricos em proteínas são: carnes de todos os tipos, ovo, leite e derivados, leguminosas e oleaginosas. No comparativo, as proteínas de origem animal apresentam maior concentração de aminoácidos que de origem vegetal.1

Mas, caso você seja vegetariana, o melhor é procurar um nutricionista para que ele monte um menu sem defasagem de aminoácidos, seguindo a quantidade ideal de proteína por porção. De acordo com dados oficiais, o recomendável é que os adultos consumam o mínimo de 0,8 gramas de proteína por cada quilograma de peso corporal por dia.2

Ou seja, se você pesa 70 kg, deve consumir 56 g de proteína diariamente. O que equivale a 2 filés de frango de 100g cada.2 Já nos Estados Unidos, a dose diária recomendada do nutriente é de 46g para mulheres com mais de 19 anos de idade, e 56g para homens com mais de 19 anos.2

Atenção na escolha da sua proteína

Definida a quantidade diário de consumo do nutriente, é preciso ficar atento ao que vem junto com o alimento rico em proteína. Estamos dizendo de gorduras e sódio. Por esse motivo, é preciso ficar alerta antes de consumir algum produto rico em proteína. 2

Quer um exemplo? 200 g de filé tem cerca de 40 g de proteína, mas no pacote também encontra-se cerca de 12 g de gordura saturada. E para quem segue uma dieta de 2 mil calorias por dia, essa quantidade de gordura equivale a 60% da ingestão diária recomendada. Por isso o alerta! 2

Já 200g de salmão tem em torno de 34 g de proteína, baixo teor de sódio e apenas 1,7 g de gordura saturada. Sem esquecer que o salmão é rico em ômega 3, gordura boa para a saúde cardiovascular. 2 Fica a dica para a próxima compra, certo?2

Para os diabéticos

Ainda nessa linha de que qualidade é muito melhor do que quantidade, para quem sofre com o diabetes do tipo 2 – ou está no grupo de risco – o conselho é consumir, com bastante moderação, as carnes vermelhas. Isso porque um estudo da Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, mostrou que o consumo de carne vermelha pode aumentar o risco de diabetes tipo 2. 2

Os pesquisadores descobriram em outro estudo que pessoas que começaram a comer mais carne vermelha do que o normal apresentaram 50% maior risco de desenvolver diabetes tipo 2 nos próximos quatro anos. Os estudiosos também chegaram à conclusão de que aqueles que reduziram o consumo de carne vermelha diminuíram em 14% o risco de desenvolver o diabetes tipo 2. 2

Cuidado com o excesso

Como diz aquele sábio ditado: “tudo em excesso é prejudicial”, com a proteína é igual. Consumir o nutriente em quantidades exageradas, achando que trará benefícios ao organismo pode fazer com que essa proteína extra seja convertida em açúcar no corpo.1

Então, o ideal sempre é procurar o seu médico e também um bom nutricionista para que eles indiquem os melhores alimentos e quantidades ideais, para não ter excesso e nem déficit no consumo diário de proteínas. Mas não deixe de ingerir esse nutriente que é tão importante para o nosso organismo.

Fonte: Novartis

oldestnewest

You may also like...