Dificuldades da prática de Atividade Física em mulheres idosas com Diabetes Tipo 2

Dificuldades da prática de Atividade Física em mulheres idosas com Diabetes Tipo 2

Fonte : Diabetes in control , 06/11/2015

Na Avaliação da escala de esforço , pacientes Diabéticos Tipo 2 apresentaram níveis mais elevados de lactato.

A atividade física regular tem um papel importante na gestão do Diabetes Tipo 2. No entanto, de acordo com um novo estudo, as mulheres idosas com diabetes tipo 2 são geralmente sedentárias, devido a uma barreira para a atividade física.

Este estudo conduzido por AG Huebschmann focado na razão pela qual muitas pessoas com a doença tendem a ser sedentárias, e por que as pessoas com Diabetes Tipo 2 têm alto risco de incapacidade e mortalidade.

Não há dúvida de que a atividade física regular pode prevenir a incapacidade prematura e da mortalidade.

Neste estudo transversal, com um total de 54 mulheres com sobrepeso e sedentárias com idade entre 50 e 75 anos , com ou sem DM2 foram inscritas, sendo 26 participantes tinham Diabetes Tipo 2 e 28 não tinham a doença.

Todos realizaram exercício submaximal na bicicleta ergométrica em 30W e foram medidos individualmente o consumo de oxigênio no pico. O esforço exercício foi medido pela Avaliação Borg de esforço percebido, que foi relatado pelas participantes.

Em comparação com as pessoas sem DM2, pessoas com DM2 apresentaram menor pico de VO2 (p = 0,003) e maior nível de lactato (p = 0,004 em 30W; p <0,05 a 35% VO2pico). Níveis de lactato significativamente mais elevados estão relacionados com uma maior pontuação na percepção subjetiva de esforço, o que indica como as pessoas classificariam o grau de dificuldade do exercício.

De acordo com Huebschmann, "problemas com o metabolismo e a resposta do corpo ao exercício pode ser um importante direcionador por trás de ambos os níveis de aptidão mais baixos e maior esforço durante o exercício para pessoas com Diabetes".

As pessoas com Diabetes mellitus Tipo 2 tendem a sentir maior dificuldade em executar atividades domésticas comuns . Ela pode estar relacionada com as anomalias do metabolismo do combustível em pacientes com DM2.

Portanto, os médicos devem incentivar seus pacientes a realizar exercícios em um ritmo que é confortável individualmente.

Pontos Relevantes:

# Um estudo transversal com mulheres idosas com Diabetes Tipo 2 mostrou uma barreira para a pártica da Atividade Física, em comparação com outras mulheres não diabéticas.

# As mulheres com DM2 apresentaram níveis de lactato mais elevados e maior pontuação na percepção subjetiva de esforço, que mede a percepção de dificuldade das pessoas em praticar uma atividade física.

# Os médicos devem encorajar os seus pacientes a praticar exercícios em um ritmo que é confortável individualmente.

A G Huebschmann, W M Kohrt, L Herlache, P Wolfe, S Daugherty, J EB Reusch, T A Bauer, J G Regensteiner. “Type 2 diabetes exaggerates exercise effort and impairs exercise performance in older women.” BMJ Open Diabetes Research & Care, 2015; 3 (1): e000124

2 Replies

oldestnewest
  • Para mim, com meus 55 anos já está dificil acordar, seguir a dieta e fazer atividade física!

  • Eu prefiro praticar atividade fisica no final do dia, dieta é uma rotina fantástica quando se assumi a sua necessidade. Conselho : acorda e sai correndo .......

You may also like...