ANTIDEPRESSIVOS OU TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENTAL NO PACIENTE DIABÉTICO?

ANTIDEPRESSIVOS OU TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENTAL NO PACIENTE DIABÉTICO?

A depressão é uma das comorbidades mais frequentes em pacientes com diabetes, tendo um impacto importante sobre o controle glicêmico. É como se fosse um círculo vicioso no qual a depressão piora o diabetes e o diabetes intensifica a depressão. O presente estudo comparou a eficácia comparativa de longo prazo entre a terapia cognitiva comportamental (TCC), específica para o diabetes e o tratamento farmacológico com o antidepressivo sertralina.

Um estudo randomizado e controlado foi conduzido em setenta centros na Alemanha comparando a eficácia de doze semanas de TCC e sertralina em pacientes portadores de DM1 ou DM2, com mau controle glicêmico (média de A1C = 9,3%) e depressão maior. Após o período de observação de doze semanas, os pacientes que responderam ao tratamento (redução ≥50% na escala de Hamilton para a avaliação da intensidade da depressão) foram incluídos num estudo de um ano, no qual os pacientes com TCC foram encorajados a usar biblioterapia (terapia baseada em leitura) e os pacientes com sertralina receberam tratamento continuado. Os parâmetros avaliados foram a variação dos níveis de A1C e a redução ou remissão da depressão após um ano de seguimento.

Após doze semanas, 45,8% dos pacientes responderam ao tratamento antidepressivo e foram incluídos na fase de avaliação adicional por um ano. Após um ano, os níveis de A1C apresentaram redução de -0,27%, sendo que não houve diferenças estatisticamente significantes entre as duas intervenções quanto ao impacto no nível de A1C. Por outro lado, a depressão melhorou em ambos os grupos, com uma vantagem significativa para a sertralina.

Os autores também concluíram que a TCC e a sertralina em monoterapia não são suficientes para tratar pacientes diabéticos que apresentem depressão e mau controle glicêmico.

Referência bibliográfica:

1. Petrak F, Herpertz S, Albus C et al. Cognitive Behavioral Therapy Versus Sertraline in Patients With Depression and Poorly Controlled Diabetes: The Diabetes and Depression (DAD) Study. Diabetes Care. Published online before print February 17, 2015, DOI: 10.2337/dc14-1599.

Informações do Autor

Dr. Augusto Pimazoni Netto

Coordenador do Grupo de Educação e Controle do Diabetes do Hospital do Rim – Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP

oldestnewest

You may also like...