Páscoa Para Quem Não Pode Comer Chocolate

Basta falar em páscoa que a imagem de diversos tipos de chocolate surge na mente e começa dar água na boca até nos mais requisitados paladares. Ovos, trufas, bombons especiais, branco, preto, meio amargo, puro ou com recheio. São muitas as opções disponíveis no mercado e a grande oferta do doce preferido dos brasileiros vira tentação para aqueles que não podem consumir gorduras, açúcares e carboidratos.

Para enfrentar a vontade de sair degustando tudo o que é tipo de chocolate, os diabéticos precisam manter o controle, e ingerir apenas produtos, indicados para quem precisa manter o equilíbrio da alimentação em prol da saúde.

A recomendação do Prof. Dr. Fadlo Fraige Filho, médico endocrinologista e presidente da Associação Nacional de Assistência ao Diabético - ANAD, é de que as pessoas com diabetes consumam apenas chocolates do tipo diet, mas não qualquer marca ou modelo, apenas os que possuem o Selo de Qualidade e Confiança Anad. “Existem produtos específicos para esta data, tais como ovos de páscoa diet, produzidos especialmente para esta data pela Kopenhagen, Brasil Cacau, Garoto e Nestlé, todos com Selo Qualidade e Confiança Anad. Também há Bella Páscoa da Village, com Selo Qualidade e Confiança Anad”, indica.

Mas, nem sempre é possível evitar um pouquinho daquele chocolate irresistível que acaba de ser lançado no mercado, não é mesmo?

Para aqueles que não conseguem deixar o sabor do chocolate tradicional de lado, a dica é equilibrar. Se diabético controlar sua glicemia e levar em consideração os valores nutricionais do chocolate a fim de corrigir a glicemia depois, ele pode sim, comer um pouquinho do doce nesta época de Páscoa.

Ao todo existem cerca de 11 milhões de portadores de Diabetes no Brasil, sendo cerca de 7 milhões e meio diagnósticos. “O restante ainda não sabe que tem a doença e não estão tratando, portanto, por ocasião do diagnóstico, já poderão apresentar complicações graves. 90% desse montante é portador do diabetes DMT2, que aparece em adultos após os 40 anos. Outros 5% são portadores do diabetes tipo DMT1, que aparece na criança e no adolescente. E o restante de outras doenças que podem levar ao Diabetes” aponta o especialista.

Restrições alimentares para crianças diabéticas:

No caso das crianças diabéticas,Dr. Fadlo afirma que os cuidados são os mesmo sugeridos aos adultos, lembrando que está liberado o consumo de refrigerante zero ou diet, que são isentos de açúcar.

A recomendação é de que as crianças também ganhem de presente apenas ovos e chocolates certificados pela ANAD, garantindo assim que estarão consumindo produtos com baixo teor de açúcar. Nunca se deve dizer “NÃO pode consumir”, mas sim explica o porque das crianças não ingerir guloseimas e doces com açúcar, evitando-se assim um sentimento discriminatório inadequado”, sugere o especialista.

3 Replies

oldestnewest
  • Refrigerantes 'zero' contêm aspartame, cujo efeito no organismo é muito duvidoso.

    Os chocolates diets são tb cheios de aspartame e calorias.

    Tudo que é diet pra mim me faz mal.

  • Com relação a gramagem (quantas gramas podem ser consumidas), qual a quantidade ideal para consumir, tendo em vista que a vontade é comer o ovo de Páscoa ou o tablete de chocolate inteiro.

  • acabo de discutir com uma nutricionista sua pergunta, e aquela velha , boa e clássica resposta, comer com moderação, nem todos os dias. Para não errar, e como as pessoas e as dietas são individualizadas, pergunte a sua nutricionista e de acordo com a sua dieta, ela daria a melhor recomendação para você.

You may also like...