OMS lança consulta pública sobre o projeto de Orientação de Açúcares

Quando finalizada, a orientação da Organização Mundial de Saúde vai fornecer aos países recomendações sobre a limitação do consumo de açúcares para reduzir os problemas de saúde pública, como a obesidade e cárie dentária. Para obter informações sobre como enviar , veja comentários abaixo ....

Fonte: diabetesincontrol

Comentários sobre a proposta de orientação serão aceitas através do site web da OMS até 31 março de 2014. Quem quiser comentar deve apresentar uma declaração de interesses.

Um processo de revisão por parte de especialistas vai acontecer ao longo do mesmo período. Uma vez que a revisão e a consulta pública sejam concluídas, todos os comentários serão revistos, o projeto de orientações serão revistas, se necessário, e liberado pelas Diretrizes Comitê de Revisão da OMS antes de ser finalizado.

A recomendação atual da OMS de 2002, é que os açúcares devem compor menos de 10% do consumo total de energia por dia.

O novo projeto de orientação também propõe que os açúcares devem ser inferiores a 10% do consumo total de energia por dia.

Ele sugere ainda que uma redução para menos de 5% do consumo total de energia por dia teria benefícios adicionais.

Cinco por cento do consumo total de energia é equivalente a cerca de 25 gramas (cerca de 6 colheres de chá) de açúcar por dia para um adulto com Índice de Massa Corporal (IMC) normal.

Os limites propostos na ingestão de açúcares no projeto de orientação aplicam-se a todos os monossacarídeos (como a glicose, a frutose) e dissacarídeos (como a sacarose ou açúcar de mesa) que são adicionadas aos alimentos pelo fabricante, o cozinheiro ou o consumidor, bem como açúcares que estão naturalmente presentes no mel, xaropes, sucos de frutas e concentrados de frutas.

Grande parte dos açúcares consumidos hoje estão "escondidos" em alimentos processados que não são geralmente vistos como doces. Por exemplo, uma colher de sopa de ketchup contém cerca de 4 gramas (cerca de 1 colher de chá) de açúcares. Uma única lata de refrigerante adoçado com açúcar contém até 40 gramas (cerca de 10 colheres de chá) de açúcar.

O projeto de diretriz foi formulado com base em análises de todos os estudos científicos publicados sobre o consumo de açúcares e como isso se relaciona com o excesso de ganho de peso e cárie dentária em adultos e crianças.

Os artigos publicados com resultados de duas revisões sistemáticas (análises de estudos científicos publicados) encomendados pela OMS que informaram o desenvolvimento dos projetos de orientações:

•Açúcares da dieta e peso corporal: revisão sistemática e meta-análises de ensaios clínicos randomizados e estudos de coorte realizado pela Universidade de Otago, na Nova Zelândia), publicado no BMJ

•Efeito sobre a cárie de restringir a ingestão de açúcares: Revisão sistemática para informar as diretrizes da OMS realizado pela Universidade de Newcastle, Reino Unido), publicado no Journal of Dental Research

oldestnewest

    You may also like...