Samba, suor e muita saúde no carnaval!

Mais um carnaval está chegando e todos devem estar preparados para a maratona da folia. Nesta época de muita festa e folia, o portador de diabetes não pode se esquecer de se cuidar, para evitar problemas indesejáveis que possam complicar sua saúde, como a desidratação e a hipoglicemia.

Desfiles, blocos de rua e as intermináveis noites nos bailes da cidade requerem energia e hidratação suficientes para se manter a intensa atividade física nesse período. E, para se aproveitar de forma saudável, o ideal é seguir um programa de alimentação antes, durante e depois da folia.

Primeiramente, o portador de diabetes deverá sempre manter seu corpo hidratado. Água em abundância, água de coco e limonada suíça com adoçante são as bebidas indicadas antes, durante e depois da festa. O refrigerante dietético embora não recomendado como bebida hidratante pode ser uma opção na rua, na impossibilidade da água. Especial atenção deve ser dada à alimentação, que deve ser mantida freqüente (3/3h), especialmente para usuários de insulina. O café da manhã e a ceia não deverão ser omitidos.

Antes da folia, faça uma refeição com baixo teor de gorduras, com carne magra, arroz ou macarrão integrais, vegetais e frutas. Evite frituras, maioneses e alimentos “pesados” de difícil digestão (ex: feijoadas, rabadas, etc.) ou consumo, sobretudo na rua de pastéis, preparações com creme de leite e/ou queijos gordurosos. No intenso calor os alimentos devem ser muito bem refrigerados e higienizados para evitar deterioração e contaminação.

Durante, não se esqueça de levar seu “kit de sobrevivência”, composto de barras de cereais, frutas da estação, como ameixa e banana, biscoitos integrais além de muita água e do açúcar e balas para os casos de hipoglicemia. Evite o excesso de bebidas alcoólicas, pois podem causar hipoglicemias severas.

Caso venha a beber, não o faça em jejum e saiba seu limite! Procure não ultrapassar duas doses para homem ou uma dose para mulher. A dica é intercalar o seu consumo com muita água.

Faça o teste de glicemia antes, durante e depois da folia para conhecer os efeitos sobre seu organismo. Afinal o esforço físico durante a folia pode interferir na glicemia.

Depois da folia: procure dormir bem para repor as energias e evitar o desgaste físico exagerado. No dia seguinte, a reposição hídrica é também muito importante. Beba bastante água. O café da manhã deve seguir as quantidades do plano alimentar orientado pelo seu nutricionista. Consuma os carboidratos orientados no seu plano alimentar.

Como sugestão para o café da manhã após a folia use frutas, iogurte light com mix de cereais e sementes (farelo de aveia, semente de linhaça, semente de gergelim, quinua em flocos, germe de trigo, por exemplo) ou sanduíche de pão integral com cottage, pasta de soja, queijo minas ou requeijão light.

Para colação: use um suco para repor vitaminas e minerais como por exemplo couve batida com 1 porção de fruta, como uma laranja com bagaço, uma maçã ou 2 fatias de abacaxi, ou um suco refrescante como limonada batida com capim limão que dispensa ser adoçada.

No restante do dia volte a sua rotina para de novo cair na folia. Afinal, é carnaval, mas não se exceda, pois carnaval são vários dias e tem todo ano! Lembre se também de levar para todos os locais o cartão de portador de diabetes.

Bom Carnaval!

Marlene Merino Alvarez

Doutora em Nutrição

Coordenadora do Departamento de Nutrição da SBD

Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal Fluminense (UFF

1 Reply

oldestnewest
  • Na minha cidade o carnaval é na praça ao lado da minha casa a uns 100 metros de distancia.Porém eu nunca fui e não vou em carnaval.Eu acho uma grande perda de tempo.Não é a minha praia.

You may also like...