Bebé de 4 meses e meio com mais despertares noturnos

Sou mãe de um bebé de 4 meses e meio alimentado exclusivamente ao seio materno. Habitualmente fazia durante o dia mamadas com intervalos de cerca de 3-4horas e durante a noite com intervalos de 3-5 horas. Mas há cerca de um semana durante a noite começa a chorar e a ficar agitado cerca de 2 horas após ter mamado e só tranquiliza após mamar novamente. Também noto que as mamadas agora são mais curtas, rejeita a mama quando já está vazia e a mamar é mais impaciente, estando constantemente a mexer as pernas e as mãos. Gostaria de saber se este comportamento e esta mudança repentina podem ser considerados normais ou se existem algumas medidas para melhorar esta situação visto que o cansaço começa a aumentar e as dúvidas sobre se o leite será suficente começam a surgir. Obrigada pela atenção

2 Replies

oldestnewest
  • Só posso partilhar consigo a minha experiência. A minha filha começou a dormir bastante bem com cerca de 2 meses e meio, chegava a dormir 8h seguidas (que saudades!). Depois, por volta dos 4 meses, 4 meses e meio, começou a acordar de 2 em 2 horas, e só sossegava com a mama. Pensei que seria um pico de crescimento e que depois normalizaria, mas a verdade é que nunca mais voltou a dormir as 8h. Neste momento tem 10 meses e já fico muito contente quando dorme 4h seguidas.

    No entanto, mantive o LM exclusivo até aos 6 meses e ela evoluiu sempre bem e foi sempre saudável, portanto não acho que tenha a ver com o leite ser suficiente ou não. É verdade que por vezes precisam mamar mais frequentemente, ou porque aumentaram as necessidades nutricionais ou até por estar tanto calor, mas às vezes só precisam mesmo de miminho e de saber que a mamã está ali.

    Também me lembro de ler na altura que por volta dos 4 meses há uma alteração nas fases do sono dos bebés, e que isso os pode fazer despertar mais vezes, pois ainda não sabem voltar a adormecer rapidamente quando mudam de fase de sono.

    Começou também nessa fase a estar mais "agitada" mesmo enquanto mamava (durante a noite), batia com a mão na minha cara ou no peito, quase como se estivesse à minha procura. Se lhe desse mama deitada, começava também a bater com as pernas na cama e estava sempre a virar-se para cima, depois para mim, depois para cima... e por aí fora. Na altura falámos com uma terapeuta e foi-nos explicado que esse comportamento era natural e até bom sinal (!), que estava relacionado com o facto de eles estarem a aprender muitas coisas novas e precisarem processar essa informação antes de dormir - arrumar a informação nas caixinhas :)

    O que nos foi recomendado e, de facto, trouxe algumas melhorias, foi dar mama deitada, não contrariar estes movimentos dela, deixá-la processar tudo e ir dando maminha. Ao fim de algum tempo, ela acabava por sossegar e adormecia na mama.

    Não foi nenhum milagre, como disse atrás ainda hoje as noites são complicadas, mas já raramente tão difíceis como naquela fase.

    Outras recomendações foram ter um mantra de meia-hora a tocar quando a vou adormecer e depois um som de fundo (pesquise red noise) durante toda a noite, para haver um elemento de continuidade se ela acordar. Também importante haver 3 sestas durante o dia, uma delas ao final da tarde, para não estarem tão cansados à noite.

    Desculpe o testamento, espero que ajude alguma coisa, ou que pelo menos sinta que não está sozinha.

  • Obrigada pela partilha e atenção. Apesar de ter procurado informação que remete para picos de crescimento, saltos de desenvolvimento, alteração das fases do sono ou simplesmente necessidade de mais miminho 😊 é sempre bom conhecer a experiência de cada um.

    Tenho procurado insistir no ritual antes de dormir com o banho ou vestir o pijama e maminha, mas os resultados ainda não são consistentes. Vou pesquisar sobre o red noise.

    Em relação às sonecas, faz sempre entre as mamadas, num total de 3-4/dia, mas na maioria das vezes de apenas 45 min.

    Mais uma vez obrigada pela ajuda.

You may also like...