Regresso ao trabalho, melhor forma de retirar o leite

Bom dia, o meu bebe vai fazer 4 meses no dia 22 de abril e eu vou começar a trabalhar dia 20 deste mês, até agora tem sido alimentado só do meu leite. A minha questão é: quando é a melhor altura para tirar o leite com a bomba, antes ou depois das mamadas ou a qualquer hora, quanto tempo e quantas vezes o posso fazer, sabendo que tenho um peito que produz pouco leite? Como conservar o leite e como saber a quantidade aproximada para a dar ao bebe quando estiver no trabalho, pois vai ser a avo que o vai guardar. Será que ele irá pegar no biberão pois só está habituado ao peito e não gosta de chupeta? Agradeço uma ajuda pois já falta pouco tempo para eu recomeçar a trabalhar, obrigada desde já pelo tempo dedicado.

Celina

1 Reply

oldestnewest
  • Olá Celina

    nesta mesma página no item publicações destacadas tem os folhetos sobre estes assuntos: manutenção da amamentação no regresso ao trabalho,extracção e conservação do leite e ainda sobre os cuidadores e separação temporária,também muito importante.

    Há sempre um certo nível de stress e angustia nesta fase de separação mãe filho.O bebé sente pois também vai ser alimentado de forma diferente (não aconselhamos a fazer tentativas para o habituar,não encurta o tempo de amamentação calma e não adianta nada, proporcione-lhe  agora a amamentação sem stress).

    O que tem que ter em atenção e transmitir a quem fica com o bebé é que não o deve forçar a beber o leite.O bebé pode beber logo bem do biberão, mas também pode não querer nada, ou beber só uma pequena quantidade,é normal.Então aconselhamos que não aqueça toda a quantidade de leite,se for necessário mais, rapidamente amorna numa tacinha com agua quente,basta morno ou à temperatura ambiente.E depois vai- lhe dando conforme ele aceite.

    Que o cuidador seja paciente e o conforte com colinho e atenção.

    Celina espero que encontre o que necessita  e se tiver mais alguma duvida,estamos aqui.

    Esperamos que outras mães partilhem as suas vivências desta fase. 

    Um abraço 

You may also like...