Tinnitus causa mais incómodo às pessoas mais sensíveis

As pessoas solitárias, preocupadas ou ansiosas ou que têm mudança de humor são mais suceptíveis a sofrerem incômodos de tinnitus que as demais, segundo um estudo feito na Inglaterra.

Uma pesquisa feita por acadêmicos do instituto de saúde no Reino Unido, National Institute for Health Research (NIHR) Nottingham Hearing Biomedical Research Unit, descobriu que as pessoas solitárias, preocupadas ou ansiosas ou que têm experimentado mudanças de humor tiveram mais facilidade de relatar seus incômodos com tinnitus .

Os resultados sugerem que àquelas pessoas com maior sensibilidade natural podem ser menos capazes de enfrentar os sintomas do problema auditivo. Os pesquisadores concluíram que as pessoas com problemas neuróticos são mais tendenciosas a serem comprometidas pelo tinnitus.

Fatores de personalidade são importantes

O Dr. Abby McCormack, responsável pelo estudo, afirmou: “ É provável que fatores de personalidade têm um papel importante na percepção e administração do tinnitus, o que pode, possivelmente, influenciar a estar atento a isso. Portanto, um tratamento pode ser adaptado para tipos individuais de personalidades, no sentido de ajudar às pessoas a enfrentarem seus problemas.”

Tinnitus é uma percepção de som na cabeça ou nos ouvidos, normalmente descrito por pacientes como som de campaínha, zumbido e assobio.

Contudo, nem todos os que têm tinnitus experimentam a mesma quantidade de angústia, e muitas são as evidências que sugerem que a percepção da gravidade de tinnitus está intimamente associada a traços da personalidade do paciente e do modo como ele trata seu problema.

O estudo com o objetivo de reunir uma informação mais atualizada de como tinnitus é comum entre a populaçao do Reino Unido, examinou também a correlação entre a percepção da seriedade de “problemas neuróticos” ou da tendência de experiências negativas ou incômodos emocionais.

Como parte das muitas perguntas que os participantes responderam, as respostasas foram relatadas tanto acerca da audição como de fatores de personalidade. A pesquisa levou em conta fatores relacionados a sexo, idade e se os participantes eram de regiões carentes.

As mulheres sofrem mais incômodo com tinnitus

O resultado mostrou que tinnitus afetou cerca de 16% dos participantes e que era mais comum nos homens que nas mulheres. Contudo, enquanto os homens eram mais inclinados a experimentarem tinnitus, as mulheres eram mais tendenciosas a sentirem-se incomodadas com essa enfermidade.

A pesquisa mostrou que as pessoas que ficavam neuróticas com mais frequência eram mais propensas a sentirem-se incomodadas pelo tinnitus.

A solidão foi o fator de maior significância do “ neuroticismo” que estava associada a incômodo de tinnitus, possivelmente porque muitos pacientes chegam a retirar-se de situações sociais e passam a experimentar sentimentos de isolamentos.

O estudo coletou informações de mais de 500 mil pessoas de 40 a 69 anos de idade, entre 2006 e 2010 como parte do UK Biobank, do Reino Unido, que foi estabelecido como uma pesquisa para estudo da genética, ambientação e causas ligadas a estilo de vida com enfermidades comuns.

oldestnewest

You may also like...