Longevidade para usuários de aparelho auditivo

Um estudo realizado na Islândia mostrou que homens idosos, com perda auditiva, têm uma taxa de mortalidade mais elevada do que os que são usuários de aparelho auditivo.

Pesquisadores têm estudado a correlação entre deficiência auditiva e visual com a mortalidade. A pesquisa mostrou que homens idosos com perda auditiva e com perda visual têm um grande risco de morrer dentro de um período de cinco anos, comparado com as demais pessoas.

Maiores riscos

Se comparado com homens sem deficiência auditiva e visual, os homens com ambas deficiências têm um risco maior de morrer de qualquer causa, enquanto que os homens que só sofrem de perda auditiva têm um risco maior que os demais de morrer de doenças cardiovasculares.

Entre as pessoas com perda auditiva ou com perda auditiva e deficiência visual, que são usuárias de aparelho auditivo ,são consideradas, em média, pessoas mais velhas com perda auditiva mais severa.

Mulheres

O estudo não encontrou nenhuma associação estatística significante entre perda auditiva e deficiência visual com mortalidade entre as mulheres.

A pesquisa foi feita com 4.925 islandêses na idade de 67 anos ou acima disso. Entre os participantes, 25,4% têm deficiência auditiva, 9,2% têm deficiência visual e 7% têm deficiência visual e auditiva.

A pesquisa intitulada “Impairments in hearing and vision impact on mortality in older people: the AGES-Reykjavik Study” (“O Impacto de Mortalidade em Pessoas Idosas com Deficiência Auditiva e Visual:the AGES-Reykjavik Study”) foi publicada pela revista Age and Ageing, Oxford Journals, em agosto de 2013.

oldestnewest

You may also like...