Um em cada 10 portugueses ouve sons e zumbidos na cabeça

Um em cada 10 portugueses ouve sons e zumbidos na cabeça

Cerca de 10 por cento da população portuguesa sofre de acufeno, ou zumbido, uma percepção de um som ou ruído, na cabeça ou nos ouvidos, sem origem em qualquer estímulo sonoro externo.

As principais causas, explica Haúla Haider, otorrinolaringologista do hospital Cuf Infante Santo, “são as doenças do ouvido interno ou médio, a presença de cera no canal auditivo externo, o consumo de fármacos ou tóxicos, os distúrbios cardiovasculares ou neurológicos e a resposta emocional a estímulos que determinam stress e depressão”.

O estudo e avaliação do acufeno impõe uma abordagem multidisciplinar, incluindo o otorrinolaringologista, o audiologista e mesmo o psicólogo ou o psiquiatra. As opções de tratamento diferem de acordo com a gravidade do acufeno (ligeira, moderada ou severa), explica um comunicado do Centro de Otorrinolaringologia da Cuf.

oldestnewest