Novas Orientações Nutricionais da USDA

Novas Orientações Nutricionais da  USDA

Fonte : diabetesincontrol de 23 de janeiro de 2016

Novas recomendações nutricionais são apresentadas com inúmeras alterações.

No início do ano passado o Departamento de Saúde e Serviços Humanitários e da USDA apresentaram novas orientações nutricionais para serem aplicadas no período de 2015-2020. Como diversas pesquisas relacionadas são realizadas, estas orientações são constantemente atualizadas e novas recomendações são sugeridas.

Devido as constantes mudanças nos hábitos alimentares da população americana, algumas boas outras ruins, os profissionais de saúde responsáveis pelos serviços de Cuidados com a Saúde, estão sempre atentos a estas alterações, pois as más escolhas alimentares individuais tem reflexos direto nas condições clínicas .

De acordo com um artigo publicado anteriormente no eatinrightpro.com, a Academy of Nutrition and Dietetics tomou sua posição.

Neste ano, cientistas e pesquisadores focados nos hábitos e padrões alimentares da população americana, decidiram fazer suas recomendações de forma mais simplificada.

Nestas orientações tem 5 objetivos gerais e 13 recomendações para uso por parte dos profissionais de saúde para poderem impactar positivamente a qualidade de vida dos pacientes.

As metas incluem seguir um padrão alimentar saudável durante toda a vida, incorporando variedade e quantidade de nutrientes na dieta.

Limitar a adição de açúcar , gorduras saturadas e ingestão de sódio.

As principais recomendações para inclusão na dieta são :

1. Vegetais de todos os grupos, incluindo o verde escuro, vermelho, laranja, feijão / ervilhas e vegetais ricos em amido.

2. Frutas inteiras .

3. A ingestão de grãos sendo pelo menos, metade de grãos integrais .

4. Produtos láticos desnatados , consistindo do leite, iogurte, queijos.

5. Bebidas de soja fortificadas.

6. Variedade de fonte de proteínas : frutos do mar, carne magra,ovos, aves , nozes. .

7. No máximo 10 % das calorias diárias devem vir da adição de açúcares.

8. No máximo de 10 % das calorias diárias devem vir de gorduras saturadas..

9. Limitar a ingestão diária de sódio a 2,3 gramas em indivíduos com mais de 14 anos de idade.

10. As mulheres podem consumir não mais do que uma dose de bebida alcoólica, e os homens não mais do que duas , por dia.

As orientações são para promover a adição de mais frutas, legumes e carnes magras, também recomendado diminuir a ingestão de gordura trans, gorduras saturadas, e açúcares, mas não eliminá-los totalmente.

Os profissionais de saúde podem estar encontrando resistência por parte dos de pacientes quando da apresentação de uma proposta drástica , o que poderia ser uma razão da não aderência às orientações, afastando da proposta considerada ideal.

Pontos Relevantes:

1. Os cereais integrais (aveia, milho, arroz integral, quinoa) podem ajudar a melhorar os níveis de colesterol, reduzir os índices de doenças cardíacas e até mesmo diminuir os casos de obesidade.

2. A maioria dos rótulos de alimentos são baseados em dietas de 2.000 calorias.

3. A American Heart Association recomenda a prática de atividade física de três a quatro vezes por semana em cerca de 40 minutos de cada vez.

Referências:

DeSalvo KB, Olson R, Casavale KO. Dietary Guidelines for Americans. JAMA. Published online January 07, 2016. doi:10.1001/jama.2015.18396.

eatrightpro.org,. “Academy Urges Congress To Continue Science-Based Development And Scope Of Dietary Guidelines For Americans”. N.p., 2016. Web. 11 Jan. 2016.

Heart.org,. “Whole Grains And Fiber”. N.p., 2016. Web. 11 Jan. 2016.

Heart.org, The American Heart Association’s Diet And Lifestyle Recommendations”. N.p., 2016. Web. 11 Jan. 2016.

Researched and prepared by Samantha Ferguson Doctor of Pharmacy Candidate FAMU College of Pharmacy, reviewed by Dave Joffe, BSPharm, CDE

oldestnewest

You may also like...